A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Murilo da Silva

Lula tem agenda de viagens com visitas aos EUA, Bahia e Sergipe

Na última segunda-feira (6), presidente esteve no Rio de Janeiro; agenda com Joe Biden acontece na sexta-feira (10) e na próxima semana vai à Bahia e Sergipe.

Senadores dos EUA pedem extradição de Bolsonaro

Base do Partido Democrata pede que Biden faça análise de pedido de extradição; Lula viaja para os Estados Unidos dia 10.

Garimpo na terra Yanomami cresceu 54% em 2022

Crescimento acumulado do desmatamento associado ao garimpo é de 309% entre outubro de 2018 e dezembro de 2022.

Pesquisa mostra que 81% defendem atendimento emergencial aos yanomamis

Estudo da consultoria AtlasIntel ainda revela que 76% apoiam o fim do garimpo em terras indígenas.

Morre a jornalista Glória Maria

Respeitada jornalista tratava um tumor no cérebro; na TV Globo desde o início dos anos 70, Glória é um símbolo de representatividade para mulheres e pessoas negras.

Governo Biden confirma encontro com Lula na Casa Branca

Encontro está marcado para 10 de fevereiro; em nota foi destacado o apoio inabalável dos Estados Unidos à democracia brasileira.

Copom mantém Selic em 13,75% e contraria o interesse nacional

Na primeira reunião sob o governo Lula, taxa básica de juros é mantida; presidente havia criticado o patamar elevado da Selic.

Programa Litígio Zero oferece descontos aos contribuintes

Dívidas tributárias que estejam na DRJ ou Carf podem ser renegociadas com o governo; descontos tem como base a capacidade de pagamento do contribuinte.

Wallace é suspenso por clube e governo aciona AGU por ameaça a Lula

Jogador de vôlei bolsonarista publicou enquete sobre “tiro na cara do Lula”; atleta recebeu R$ 308 mil do programa Bolsa Atleta.

Lula veta envio de munição para guerra na Ucrânia e prega paz

Em encontro com chanceler da Alemanha, Lula propôs grupo de países para mediar a paz e disse que levará proposta ao presidente da China.

MPF analisa responsabilidade do Estado sobre crise Yanomami

Agentes públicos e suas ações e omissões serão analisadas pelo Ministério Público Federal, assim como a extensão da crise humanitária e os impactos ambientais.

Governo Bolsonaro desprezou alertas sobre ianomamis, aponta relatório

Relatório do Ministério dos Direitos Humanos, período 2019 e 2022, mostra a rejeição de recomendações de órgãos e entidades sobre a situação dos povos yanomami.

1 2 3 23