REFORMA TRABALHISTA

12/12/2017 12h50

Empregos precários, consequencia da reforma trabalhista na Espanha 

Recuperação econômica se consolida na Espanha, mas brecha entre ricos e pobres aumenta; estima-se que 20% da população espanhola se afasta da classe média devido ao emprego precário. Desemprego e precariedade são frutos da reforma trabalhista que inspirou a brasileira de Temer 

11/12/2017 10h18

Altamiro Borges: Demissões na Estácio e a guerra na Justiça

Em editoriais raivosos, a mídia privada – nos dois sentidos da palavra – tem confessado o seu temor diante das batalhas jurídicas que eclodirão com a vigência da “deforma” trabalhista. Ela inclusive já declarou guerra aos procuradores e juízes do trabalho, em mais uma abjeta campanha de calúnias.

Por Altamiro Borges*, em seu blog

11/12/2017 9h43

"Reforma trabalhista joga contra qualquer projeto de desenvolvimento"

Estudioso das transformações do mundo do trabalho, José Dari Krein, professor do Instituto de Economia da Unicamp e pesquisador do Centro de Estudos Sindicais e Economia do Trabalho, é um forte crítico da reforma trabalhista que entrou em vigor em 11 de novembro. Em entrevista publicada pela Carta Capital, Dari Krein diz que a reforma tem o objetivo exclusivo de atender as empresas e ignora a construção de uma sociedade decente.

10/12/2017 14h36

Clemente Ganz: Profundas mudanças nas regras do jogo trabalhista

A reforma trabalhista no Brasil faz parte de uma estratégia global do capital e da oportunidade que agentes econômicos e políticos encontraram para fragilizar o movimento sindical e a força dos trabalhadores. É preciso superar a perplexidade e não acreditar em milagres. Se não forem enfrentados com determinação e inteligência, os efeitos da mudança poderão ser nefastos


Por Clemente Ganz Lúcio*

08/12/2017 19h10

Justiça do Trabalho mostra disposição contra reforma trabalhista

Decisão liminar da juíza Larissa Lopes no Rio de Janeiro favorável a trabalhadores sinaliza uma luz no fim do túnel para frear demissões em massa com base na reforma trabalhista, declarou ao Portal Vermelho Magnus Farkatt, advogado trabalhista e assessor jurídico da Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB). Em dois casos recentes, no Rio de Janeiro e em São Paulo, a Justiça do Trabalho não aplicou a reforma trabalhista. 

Por Railídia Carvalho

08/12/2017 11h46

Justiça do Trabalho suspende demissões da Estácio

Vitória na defesa pelos direitos trabalhistas e pela educação. Na noite desta quinta-feira (7), a Justiça do Trabalho suspendeu as demissões de 1.200 professores iniciadas pela Estácio nesta terça-feira (05). De acordo com informações da revista Época, a medida é válida para os municípios do Rio, de Paracambi, Itaguaí e Seropédica.

07/12/2017 17h53

Reforma trabalhista: Caos social à vista e retomada distante

À vontade com a nova lei trabalhista sancionada por Michel Temer, o grupo universitário privado Estácio de Sá demitiu no início da semana 1.200 professores em um cenário nacional que soma 12,74 milhões de desempregados.

Por Railídia Carvalho

07/12/2017 13h19

Juíza de SC decide que fim da contribuição sindical é inconstitucional

A Reforma Trabalhista foi feita por meio de lei ordinária, que, segundo a Constituição, não tem poder para alterar regras tributárias. E a contribuição sindical, extinta compulsoriamente com a mudança, tem natureza de imposto. Por isso, só poderia ser mexida por lei complementar. Com esse entendimento, a juíza Patrícia Pereira de Santanna, da 1ª Vara do Trabalho de Lages (SC), acolheu pedido de um sindicato e anulou o fim da contribuição sindical obrigatória que é destinada à entidade.

07/12/2017 13h06

É para reduzir direitos trabalhistas,diz professor demitido da Estácio

A instituição de ensino superior Estácio de Sá demitiu 1.200 professores nesta semana. A ação surpreendeu alunos, docentes e gerou ampla repercussão pelo fato de a medida ter sido tomada logo após a aprovação da reforma trabalhista.

06/12/2017 18h37

Reforma trabalhista facilita demissão coletiva e fragiliza trabalhador

No dia 11 de dezembro completa um mês de vigência da nova reforma trabalhista, sancionada pelo governo de Michel Temer como a Lei 13.467/2017. A nova lei dá o mesmo peso de uma demissão individual para demissões coletivas ou em massa. Na terça-feira (5) a Universidade Estácio de Sá demitiu 1.200 professores.

Por Railídia Carvalho

Páginas:     12345próximaúltima