29 de março de 2012 - 15h11

Debate sobre 90 anos do PCdoB reúne diversos partidos da capital


   
O encontro contou com as presenças do presidente nacional da sigla, Renato Rabelo, do governador Tarso Genro, do presidente estadual do PCdoB, deputado Raul Carrion, a deputada federal Manuela D’Ávila, do ex-deputado federal e presidente do PMDB-RS, Ibsen Pinheiro, do ex-governador e presidente de honra do PT, Olívio Dutra, e do secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Beto Albuquerque, e encerrou um dia de intensas atividades que comemoraram o aniversário do partido na capital gaúcha.

Com o auditório Dante Barone lotado, o presidente nacional do PCdoB, Renato Rabelo, destacou que “somos um partido de 90 anos que nunca deixou de se renovar. Essa é nossa história, uma história de luta e de vitórias, de desafios. Uma história que ainda terá muitos episódios na busca da concretização das transformações que precisamos promover”. A deputada Manuela afirmou que a grande contribuição que os militantes gaúchos podem dar nesse momento de construção partidária será dirigir Porto Alegre aliado a muitos partidos, como é a nossa velha, antiga e nunca superada tática política. “Construir um projeto para Porto Alegre e mostrar que o PCdoB sim é o partido da liberdade, da democracia. O partido que faz as coisas mudarem para melhor, que constrói soluções para problemas da vida cotidiana do povo brasileiro e que irá construir essas soluções aqui na nossa capital. Nosso desafio é mostrar que nós seremos sim governo da cidade de Porto Alegre.”

O secretário Beto Albuquerque destacou que estará ao lado do PCdoB na luta para que Porto Alegre se transforme numa cidade melhor, solidária, com oportunidades para todos. “Só acredito na política se ela for capaz de melhorar a vida das pessoas. Se militamos, integramos nossos partidos é porque temos que fazer com que a vida das pessoas melhore.”

O presidente do PP, Celso Bernardi, elogiou o caráter plural da mesa, destacando que essa é uma característica do PCdoB, um partido aberto, de diálogo e construção política. “Seguramente discutiremos ideias, propostas e juntos procurar identificar projetos que possam dar um rumo àquilo que realmente buscamos como partidos que coloquem as pessoas em primeiro lugar”, disse.

O governador Tarso Genro iniciou sua fala falando que se orgulha de contar com o PCdoB na sua base de apoio e ocupando espaços importantes no governo. “O PCdoB é um partido que tem serviços prestados a luta democrática do Brasil”, exaltou o governador, lembrando que, quando Ministro da Justiça, participou da sessão de anistia pública aos camponeses do Araguaia. Tarso também falou sobre a crise econômica global e alertou que a dominação global do mercado financeiro é hoje uma ameaça não latente contra as constituições democráticas do mundo. Na mesma linha, o presidente do PMDB-RS, Ibsen Pinheiro, afirmou que o “protoliberalismo não é o caminho”.

Participaram ainda dirigentes dos principais partidos políticos, como Roque Jacoby (DEM), o presidente estadual do PSB, Caleb de Oliveira, e os presidentes municipais do PRB, vereador Waldir Canal, e do PR, Arlindo Bonete. Também presentes o deputado federal Assis Melo (PCdoB), e os secretários do Turismo, Abgail Pereira, e da Segurança Pública, Airton Michels.

De Porto Alegre,
Barbara Paiva




  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais

INSERT command denied to user 'noticias'@'186.202.132.166' for table 'tb_noticias_contadores'