Mídia
02/09/2015 15h34

Paulo Henrique Amorim lança livro de memórias e bastidores da notícia

A nova obra do jornalista Paulo Henrique Amorim, O quarto poder – uma outra história, é um resgate das memórias dele que trabalhou nos maiores veículos de comunicação do Brasil, como TV Globo, Veja e Jornal do Brasil, e ao mesmo tempo da história do país, desde o início do período Vargas até os dias de hoje.


Mídia
02/09/2015 13h37

Estadão e a sua maioria de 25%

Uma pesquisa conduzida pelas entidades Rede Minha São Paulo e SampaPé consultou 107 estabelecimentos na Avenida Paulista, em relação à medida do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, de abrir a avenida à circulação de pedestres e proibir a circulação de automóveis nos fins de semana. O tema foi alvo de reportagem do vetusto jornal paulistano O Estado de S.Paulo.

Do Portal Vermelho, por Humberto Alencar


Mídia
02/09/2015 13h23

Cruvinel: Posse de Martins na EBC valoriza a comunicação pública

Pode soar extravagante falar em afeto por uma instituição mas é algo assim o que sinto pela EBC. À sua construção, ao lado de tantas outras pessoas, dediquei quatro anos (2007-2011) de grande esforço profissional, superei limitações, fiz alianças, suportei ataques, engoli injustiças e aprendi muito. 

Por Tereza Cruvinel*, em sua coluna no site 247


Mídia
02/09/2015 12h33

Kiko Nogueira: Narcos conta uma história pela metade

Três questões emergem de cara para quem assiste Narcos: 1º o que é aquele sotaque de Wagner Moura?; 2º o sotaque de Wagner Moura é ruim, mas não atrapalha sua atuação; 3º por que não escalaram um ator que falasse espanhol?

Por Kiko Nogueira*, no Diário do Centro do Mundo


Mídia
01/09/2015 18h29

Crise na Globo pode levar à demissão de 300 jornalistas

A Infoglobo, que reúne os jornais O Globo, Extra, Expresso e outros veículos de comunicação do Grupo Globo, iniciou na última segunda-feira (31) um grande corte no quadro de funcionários. No total, o grupo pode realizar a demissão de 300 funcionários.


Mídia
01/09/2015 11h20

O caso da bomba atômica que era um aspirador de pó

“Nosso Homem em Havana” é um livro de ficção do genial Graham Greene. Mais que uma novela de espionagem, a obra é uma sátira política coalhada de ironias e sarcasmos. Nela, Greene conta a história de James Wormold, um vendedor britânico de aspiradores de pó, que reside em Havana. Abandonado pela mulher e com problemas financeiros, ele acaba recrutado pelo serviço secreto do Reino Unido.

Por Marcelo Zero*, no Brasil Debate


Mídia
31/08/2015 15h47

Espanha multa quem criticar o governo nas redes sociais

A Lei de Segurança Cidadã na Espanha, que ficou conhecida como "Lei Mordaça", aprovada em março pelo parlamento, somente com votos do Partido Popular (PP), e instituída em 1º de julho, já começou a mostrar os efeitos de suas normas, inclusive por questionamentos nas redes sociais.


Mídia
31/08/2015 15h35

Altamiro Borges: Babilônia e os fiascos da TV Globo

As novelas globais, que tanta alegria e grana deram à famiglia Marinho, estão perdendo o encanto. Na sexta-feira (29), no seu último capítulo, Babilônia bateu recorde negativo histórico de audiência na emissora.

Por Altamiro Borges*, em seu blog


Mídia
31/08/2015 14h24

Venício: Parte da mídia abdicou de fazer jornalismo e faz oposição

Pesquisador há décadas sobre o papel social da mídia e professor aposentado da Universidade de Brasília, Venício Lima é autor de vários livros sobre a regulamentação da mídia e segue refletindo sobre o comportamento dos veículos de comunicação, a necessidade de regulação do setor e o papel da comunicação alternativa e pública. Em entrevista, o professor comenta a respeito da conjuntura atual da mídia hegemônica no país.


Mídia
30/08/2015 10h32

Jornalistas sofrem com perseguição e assassinatos no México

No dia 31 de julho último, o fotojornalista mexicano da AVC Noticias e colaborador da revista Proceso, Rubén Espinosa, e a defensora dos direitos humanos Nadia Vera foram assassinados na Cidade do México juntamente com outras três mulheres, duas estilistas e uma trabalhadora doméstica.