Mídia
30/10/2014 17h30

Luciano Martins Costa: Sociedade e poder, uma ruptura

Os leitores que ainda leem com atenção os principais jornais brasileiros devem estar curiosos com o noticiário pós-eleitoral, que retoma o estilo predominante até o final do ano passado. Embora o cenário político e os fatos da economia proponham uma grande diversidade de assuntos, pode-se notar que as reportagens, declarações e o conjunto das opiniões selecionadas pela imprensa mantêm um alto índice de convergência, como se as redações combinassem entre si o que vão colocar em destaque.

Mídia
30/10/2014 10h44

Argentina apresenta projeto de regulação de telecomunicações

 O Executivo argentino vai enviar ao Congresso um projeto de lei para regulamentar os serviços de telecomunicações (internet, telefonia fixa e móvel e TV a cabo). A Lei Argentina Digital, que também prevê a neutralidade da rede e a inviolabilidade das comunicações, foi anunciada em coletiva de imprensa pelo ministro de Planejamento, Julio de Vido, na manhã desta quarta-feira (29).

Aline Gatto Boueri, de Buenos Aires para a Opera Mundi

Mídia
30/10/2014 10h39

Inácio denuncia papel antidemocrático da grande mídia na eleição 

O senador Inácio Arruda (PCdoB-CE) denunciou, em discurso no Plenário da Câmara, nesta quarta-feira (29), o papel “antidemocrático” dos grandes meios de comunicação, que “juntaram-se para apoiar um candidato e combater uma candidata, mas, falsamente, apresentaram-se como neutros durante a campanha presidencial”.  

Mídia
29/10/2014 18h53

Paulo Martins Costa: Nenhum compromisso com a História

A imprensa brasileira, vista como instituição representada pelas grandes empresas de comunicação que controlam a maior parte da audiência, atuou durante a disputa eleitoral como um organismo coeso, empenhado em levar a Brasília um grupo político mais afinado com seus credos. 

Por Luciano Martins Costa, no Observatório da Imprensa

Mídia
29/10/2014 18h46

Fernando Brito: Merval, tome um chazinho

Merval Pereira, por favor, tome um chazinho. Passiflorina, camomila, jasmim. Já nem sugiro um daqueles que o pessoal hippie tomava para ficar mais “paz e amor”. Não fica bem a um acadêmico, quase um lorde, como você ter estes destemperos, que o levaram até a ganhar uns trancos de seus colegas de bancada na Globonews, no dia da apuração dos votos. Modere-se, Merval, para não cair no ridículo.

Por Fernando Brito, no blog Tijolaço

Mídia
29/10/2014 12h02

A quem interessa mostrar o país dividido?

A velha mídia mostra de um lado o Norte e o Nordeste, que votariam “pressionados” pelos programas sociais do governo e seriam "mal informados", segundo um ex-presidente sociólogo e do outro lado os "deformados" do Sul e do Sudeste, de acordo com um jornalista.

Por Marcos Aurélio Ruy, no Portal da CTB

Mídia
29/10/2014 11h26

Wanderley Guilherme: democratização da mídia é um debate que se impõe

Em entrevista* ao jornalista Paulo Moreira Leite (PML), o cientista político e um dos principais pensadores do país, Wanderley Guilherme dos Santos, destacou que após a quarta vitória dos governos progressistas, representado pelo PT, em eleições presidenciais, a democratização dos meios de comunicação será um debate que vai se impor a partir de 2015. 

Mídia
29/10/2014 11h16

“Povo brasileiro deu uma lição de política”, afirma Lula

Em vídeo postado nesta terça-feira (28), o ex-presidente Lula agradeceu o apoio do povo e disse que os eleitores deram uma lição ao País. “Eu acho que o povo brasileiro, com todas as divergências, com todos os seus votos diferenciados, deu uma lição de política nos políticos”,

Mídia
28/10/2014 18h32

Governo define medidas para consolidar defesa cibernética

Portaria do ministro da Defesa, Celso Amorim, publicada nesta terça-feira (28) no Diário Oficial da União define uma série de medidas a serem adotadas para o fortalecimento da política de defesa cibernética do país. Pelo documento, o Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas será responsável por supervisionar a adoção das medidas, entre elas, a criação do Comando de Defesa Cibernética e da Escola Nacional de Defesa Cibernética.

Mídia
28/10/2014 18h30

Dal Marcondes: O renascer do jornalismo de qualidade

O jornalismo costuma ser a primeira vítima das ditaduras. A censura e a mentira são armas utilizadas por forças autoritárias, de direita ou de esquerda, para manter o controle da sociedade. Durante mais de 20 anos no Brasil o jornalismo esteve no centro da resistência ao autoritarismo, com publicações “alternativas” defendendo bandeiras específicas, como os jornais Movimento, Ex, Mulher, CooJornal, Pasquim, Lampião e muitos outros.

Por Dal Marcondes*, na Carta Capital