Eleições no Equador
18/04/2017 11h52

Recontagem de votos acabará com a farsa da oposição, diz Rafael Correa

O Conselho Nacional Eleitoral do Equador (CNE), afirmou que fará a recontagem de votos das eleições presidenciais realizadas no primeiro domingo deste mês, quando foi eleito o candidato apoiado por Rafael Correa, Lenín Moreno. Imediatamente após o resultado, o opositor Guillermo Lasso acusou o instituto – maior autoridade eleitoral do país – de fraude.


Eleições no Equador
11/04/2017 11h41

Equador: a delicada esperança da Revolução Cidadã

Avanços nos governos Rafael Correa são inegáveis — mas também o é a ruptura com parte importante dos movimentos sociais. Em meio a dificuldades econômicas, Lenín Moreno tentará recomposição.

Por Pedro P. Bocca*


Eleições no Equador
05/04/2017 9h32

Conselho Eleitoral do Equador confirma vitória de Lenín Moreno

O presidente do Conselho Nacional Eleitoral do Equador (CNE), Juan Pablo Pozo, confirmou nesta terça-feira (4) a vitória do candidato governista, Lenín Moreno, nas eleições presidenciais realizadas no último domingo (2).


Eleições no Equador
04/04/2017 11h09

No placar latino-americano: Equador 1 – Fim de ciclo 0

Desculpem a dança dos números. São 25 eleições presidenciais nos últimos 15 anos em sete países (Argentina, Brasil, Bolívia, Equador, Nicarágua, Uruguai, Venezuela), e só uma vez, uma única vez a oposição neoliberal ganhou nas urnas. Apenas 1 de 25, isso representa só 4% alcançado pela restauração conservadora quando se trata de eleger nas urnas o novo presidente de um país governado por um projeto progressista.

Por Alfredo Serrano Mancilla


Eleições no Equador
03/04/2017 16h26

Equador: o povo disse 'nenhum passo atrás'

A vitória obtida pela Aliança País nas eleições deste domingo (2) confirma que o povo equatoriano soube discernir o que estava em jogo: a continuidade de um governo que marcou um antes e um depois na história contemporânea do Equador e o salto suicida no vazio, imitando a tragédia argentina.

Por Atílio Borón*, no Página 12


Eleições no Equador
03/04/2017 13h04

Serei o presidente de todos, e vocês irão me ajudar, diz Lenín Moreno

O presidente eleito do Equador, Lenín Moreno, agradeceu aos eleitores neste domingo (2) o apoio e pediu ajuda aos equatorianos para governar. “Com o coração na mão, agradeço a todos os que em paz e harmonia foram votar. Serei o presidente de todos e vocês vão me ajudar”, disse.


Eleições no Equador
23/03/2017 11h09

O que as eleições no Equador podem ensinar sobre a América Latina?

Muito já foi escrito sobre as eleições equatorianas, realizadas em primeiro turno em 19 de fevereiro. Conheceremos o próximo presidente do Equador no segundo turno, marcado para o dia 2 de abril.

Por Tullo Vigevani*


Eleições no Equador
21/03/2017 12h25

Pesquisas apontam vitória de candidato de Rafael Correa no Equador

De acordo com a última pesquisa de intenção de voto divulgada no Equador, nesta terça-feira (21), o candidato governista Lenín Moreno, tem tudo para vencer o pleito no próximo domingo (2). A Lei Eleitoral do país só permite que sondagens de voto sejam divulgadas até dez dias antes das eleições.


Eleições no Equador
23/02/2017 18h56

Equador, a “Stalingrado” dos Andes vai a segundo turno

O defunto ainda está vivo, apesar de certas notícias exageradas que circulam por aí. Mas com sérios problemas de saúde, isso é verdade. O futuro da esquerda sul-americana retornou ao topo da agenda política regional com as eleições presidenciais do Equador, que decidirão sobre a continuidade ou o encerramento do projeto político iniciado há dez anos com a posse do presidente Rafael Correa – uma das faces mais visíveis do ciclo progressista nesta parte do mundo.

Por Igor Fuser*


Eleições no Equador
23/02/2017 11h12

Correa admite 2º turno e avisa: “Lutaremos contra a direita mundial”

O presidente do Equador, Rafael Correa, afirmou, nesta quarta-feira (22), que não terá problemas em voltar à linha de frente da política se a oposição vencer o segundo turno da eleição presidencial. Ele pretende se instalar na Bélgica após uma década no poder. Mas deixou claro que não descarta regressar se o projeto de seu candidato, Lenín Moreno, não triunfar no segundo turno, previsto para 2 de abril. Faria isso, disse ele, para “não perder o que conseguimos”.

Por Francesco Manetto


123