Eleições no Equador
23/02/2017 18h56

Equador, a “Stalingrado” dos Andes vai a segundo turno

O defunto ainda está vivo, apesar de certas notícias exageradas que circulam por aí. Mas com sérios problemas de saúde, isso é verdade. O futuro da esquerda sul-americana retornou ao topo da agenda política regional com as eleições presidenciais do Equador, que decidirão sobre a continuidade ou o encerramento do projeto político iniciado há dez anos com a posse do presidente Rafael Correa – uma das faces mais visíveis do ciclo progressista nesta parte do mundo.

Por Igor Fuser*


Eleições no Equador
23/02/2017 11h12

Correa admite 2º turno e avisa: “Lutaremos contra a direita mundial”

O presidente do Equador, Rafael Correa, afirmou, nesta quarta-feira (22), que não terá problemas em voltar à linha de frente da política se a oposição vencer o segundo turno da eleição presidencial. Ele pretende se instalar na Bélgica após uma década no poder. Mas deixou claro que não descarta regressar se o projeto de seu candidato, Lenín Moreno, não triunfar no segundo turno, previsto para 2 de abril. Faria isso, disse ele, para “não perder o que conseguimos”.

Por Francesco Manetto


Eleições no Equador
23/02/2017 9h43

Eleição presidencial do Equador será definida em segundo turno

O Conselho Nacional Eleitoral (CNE) do Equador confirmou na noite desta quarta-feira (22) que nenhum dos oito candidatos à Presidência do país obteve votos suficientes nas eleições do último domingo (19), por isso o segundo turno acontecerá entre os dois mais votados: o governista Lenín Moreno, da Aliança País, e o opositor Guillermo Lasso, da aliança conservadora Creo.


Eleições no Equador
22/02/2017 11h00

Unasul desmonta teoria de fraude em eleições do Equador

Denúncias de manipulação nos resultados da eleição presidencial realizada neste domingo (19) ganharam espaço na internet. Equatorianos protestavam contra a demora no anúncio dos vencedores do primeiro turno, cujos votos seguem sendo apurados com clara liderança do candidato governista Lenín Moreno. Observadores da Unasul se posicionaram sobre a questão.


Eleições no Equador
22/02/2017 10h43

Aumenta tendência de segundo turno nas eleições do Equador

O presidente do CNE (Conselho Nacional Eleitoral) do Equador, Juan Pablo Pozo, disse nesta terça-feira (21) que não é possível haver mudança na tendência que indica a necessidade da realização de um segundo turno no pleito presidencial do país, mas indicou que o órgão vai esperar o fim da apuração dos votos para divulgar o resultado oficial.


Eleições no Equador
21/02/2017 10h41

Equador: rebeldia e êxitos de esquerda sem medo

Rafael Correa está muito próximo de eleger seu sucessor. Seu segredo: desprezar o “ajuste fiscal”, realizar política econômica contrária ao que exigiam os “sábios” neoliberais.

Por Mark Weisbrot*


Eleições no Equador
21/02/2017 10h06

Eleições: Partido de Rafael Correa conquista maioria parlamentar

O Conselho Nacional Eleitoral do Equador (CNE) ainda não divulgou se haverá segundo turno para as eleições presidenciais, mas já é possível saber quem terá maioria no parlamento. Com 63,75% das urnas apuradas, a Aliança País, coalizão do presidente Rafael Correa, junto à força aliada Pátria Altiva e Soberana lidera com 38,50% dos votos.


Eleições no Equador
20/02/2017 15h55

Em três dias Equador vai anunciar se haverá 2º turnos nas eleições

A expectativa para saber se haverá um segundo turno nas eleições presidenciais, ou se o candidato apoiado por Rafael Correa, Lenín Moreno, vencerá na primeira volta é grande. Com 88,5% das urnas apuradas o resultado é apertado e, segundo o presidente do Conselho Nacional Eleitoral (CNE), Juan Pablo Pozo, agora a contagem será “voto a voto”, no sentido de que cada um poderá mudar totalmente o resultado final.


Eleições no Equador
20/02/2017 8h52

Resultados parciais apontam segundo turno nas eleições do Equador

Com 87,2% das urnas apuradas até o momento, o candidato governista Lenín Moreno tem dez pontos de vantagem sobre seu principal concorrente e contabiliza 39,09% dos votos. Em segundo lugar está o banqueiro Guillermo Lasso, com 28,28%. Se até o final da apuração o cenário permanecer assim, os candidatos da Aliança País e Creo, respectivamente, devem disputar a presidência no segundo turno, em 2 de abril.


Eleições no Equador
17/02/2017 11h38

Candidatos à presidência do Equador encerram campanha

Neste domingo (19) o povo equatoriano vai às urnas para eleger o novo presidente, 137 deputados e cinco parlamentares andinos. É a primeira eleição, em dez anos, sem Rafael Correa na disputa.


123