Notícias
23/06/2017 16h00

Como surgiram as festas juninas?

A origem dos festejos juninos no Brasil une jesuítas portugueses, costumes indígenas e caipiras, celebrando santos católicos e pratos com alimentos nativos

Por Cíntia Cristina da Silva


Notícias
23/06/2017 15h16

Fogueiras na Alma

“Olha pro céu, meu amor/ Vê como ele está lindo/ Olha praquele balão multicor/ Como no céu vai sumindo/ Foi numa noite, igual a esta/ Que tu me deste o teu coração” (Luiz Gonzaga / José Fernandes).

23 de junho. No comecinho da noite, em frente a uma casa nos arredores da cidade, uma fogueira clareia o mundo.

Por Joan Edesson de Oliveira*


Notícias
23/06/2017 14h28

As cores e os sabores da tradição junina

Junho é o mês de três importantes santos católicos, que foram introduzidos no Brasil pelos colonizadores portugueses: São Pedro, Santo Antônio e São João.


Notícias
23/06/2017 13h17

Em Pernambuco, São João é com música nordestina

Muito tem sido debatido nos últimos dias sobre o espaço da verdadeira música junina no São João de Pernambuco. Diversos artistas têm reivindicado, com toda pertinência e propriedade, o espaço que cabe a eles nesta festa, que em Pernambuco é uma das mais expressivas do país, não apenas pela qualidade de seus artistas, mas também por sua conhecida diversidade de manifestações.  

Por Marcelino Granja*


Notícias
23/06/2017 13h15

As memórias de Festas Juninas presentes na literatura

Dizem que um escritor alcança a universalidade quando consegue vincular seus regionalismos, modos populares específicos de certos lugares, circunstâncias biográficas e lembranças da infância e, ao mesmo tempo, dar a eles um caráter universalizante.

Por Maria Fernanda Moraes


Notícias
16/06/2017 16h58

Ariano, o sertão encantado

Ariano Suassuna completaria nesta sexta-feira (16) noventa anos. O homem que desencantou o sertão para que os nossos olhos pudessem enxergá-lo dizia ter “duas armas para lutar contra o desespero, a tristeza e até a morte: o riso a cavalo e o galope do sonho”. Com essas armas ele enfrentava a “dura e fascinante tarefa de viver”.

Por Joan Edesson Oliveira


Notícias
16/06/2017 16h37

Ariano Suassuna, erudito e popular

Há três anos, em um 24 de julho, assim falavam as notícias: “O velório de Ariano Suassuna, realizado no Palácio do Campo das Princesas, no Centro do Recife, foi encerrado na tarde desta quinta-feira (24). Iniciado na noite anterior, ele ficou aberto durante toda a madrugada e recebeu grande número de parentes, amigos e fãs do escritor”.

Por Urariano Mota


Notícias
16/06/2017 14h19

Noventa anos de Ariano Suassuna

Ariano Suassuna inaugura uma nova maneira de olhar o sertão. Não falo do sertão a que se referiam os ingleses – backlands, terras de trás –, conceito que abarcava tudo o que não é litoral, incluindo até mesmo os interiores de São Paulo. Refiro-me ao sertão do nordeste brasileiro, já visitado pelo romantismo de José de Alencar no “O Sertanejo” e por Euclides da Cunha na sua epopeia de Canudos.

Por Ronaldo Correia de Brito*


Notícias
16/06/2017 13h01

Cultura popular e resistência nacional

Nesta sexta-feira (16) um dos maiores intelectuais contemporâneos do Brasil, Ariano Suassuna, faria 90 anos. Prosa, Poesia & Arte resgata uma entrevista concedida por ele à revista Princípios em 2009, conduzida por Fábio Palácio de Azevedo.


Notícias
09/06/2017 16h25

Apocalipse estético: Ameryka da fome, do sonho e do transe

Que tipo de forças podem ser desencadeadas pela fome, violência e miséria latino-americanas? Poucos artistas contemporâneos abordaram essa questão de forma tão complexa e original quanto Glauber Rocha. Numa torção radical, abandonando o discurso político-sociológico das décadas de 60 e 70, ele dá um sentido afirmativo e transformador aos fenômenos ligados à falta e à miséria latinas, buscando reverter “forças auto-destrutivas máximas” num impulso criador, mítico e onírico.

Por Ivana Bentes*