Notícias
18/08/2017 18h53

Elas por elas – 20 músicas feministas feitas por mulheres

“Punk rock não é só pro seu namorado”, já dizia a banda Bulimina lá nos anos 90, em Brasília. Não é de hoje que o feminismo é tema de música feito por mulheres, para mulheres. Porém, com a pauta em evidência, não falta quem tente “surfar na onda”. A questão é que esta não é uma bandeira vazia. Não basta cantar porque é o tema da vez, é preciso comprometimento e há muita mulher com propriedade para fazer isso.

Por Mariana Serafini


Notícias
18/08/2017 15h48

A realidade do aborto no Brasil retratada em quadrinhos

O projeto “Quatro Marias”, de Helô D’Ângelo e Joyce Gomes, está disponível gratuitamente na internet e conta a história de quatro mulheres que enfrentam as dificuldades de realizar um aborto no Brasil. De forma simples e direta, juntando desenho e texto, o trabalho gera uma profunda reflexão sobre o tema, além de denunciar a omissão do Estado diante da situação dessas mulheres

Por Alessandra Monterastelli*


Notícias
11/08/2017 18h42

Venezuela para além dos conflitos políticos, um país que pulsa cultura

Nos últimos dias a Venezuela toma conta dos noticiários em todo o Brasil. Porém, o foco é apenas um: crise política. É impossível que um país desta dimensão não tenha nada a oferecer além de um conflito entre governo e oposição. Foi assim que a redação do Portal Vermelho decidiu ir a fundo para saber um pouco mais sobre a cultura do país vizinho.

Por Alessandra Monterastelli e Mariana Serafini


Notícias
11/08/2017 18h38

Para além do mercado, o público move o cinema venezuelano

O Estado financia, mas o público é o que move o cinema venezuelano. Nas telas, o país impressiona: Pelo Malo está entre diversos outros filmes vencedores de prêmios no mundo todo. O cinema venezuelano nunca se deixou vencer: produziu e batalhou pela sua visibilidade, gerando inúmeras grandes obras. Lutou e conquistou leis de incentivo e políticas públicas que viabilizam a sua produção, passando pelos anos mais difíceis e alcançando o sucesso

Por Alessandra Monterastelli*


Notícias
11/08/2017 18h23

Armando Reverón, o pintor da luz

Na Venezuela se comemora, em 10 de maio, o Dia Nacional Artista Plástico – é a data de nascimento do pintor e escultor Armando Reverón (1889 - 1953), o grande artista nacional.

Por José Carlos Ruy*


Notícias
11/08/2017 17h18

O dia que a Orquestra Simón Bolívar se rendeu ao reggaeton do Calle 13

Parece impossível unir o ritmo callejero de Porto Rico, o reggaeton, à música clássica. Sempre ousados, os integrantes do Calle 13 convidaram a Orquestra Sinfônica Simón Bolívar, da Venezuela, para uma apresentação conjunta durante a 12ª edição do Grammy Latino, em 2011. A parceria levou o público à loucura e rendeu elogios até do então presidente Hugo Chávez.


Notícias
11/08/2017 15h36

Dez livros para conhecer a literatura venezuelana

Entre as muitas virtudes de Hugo Chávez está seu amor pelos livros. O ex-presidente venezuelano foi um grande entusiasta da leitura. Não foram poucas as vezes que em seu programa semanal na TV ele “convidou” o povo venezuelano a o acompanhar em uma leitura e distribuiu títulos por todo o país.


Notícias
04/08/2017 18h46

O Brasil perdeu sua Pérola Negra, o nosso Melodia

O cantor Luiz Melodia morreu na madrugada desta sexta-feira (4), no Rio de Janeiro, por volta das cinco horas da manhã, em decorrência de complicações de um câncer. No começo de junho, ele havia recebido alta do hospital Quinta D’Or após 3 meses internado.


Notícias
04/08/2017 18h04

Luiz Melodia em cinco parcerias inesquecíveis

Perdemos uma joia. Uma pérola, para ser mais exata. A música brasileira disse adeus a Luiz Melodia nesta sexta-feira (4). O cantor e compositor carioca que encantou o país com sua voz e suas composições partiu depois de lutar por um ano contra um câncer.


Notícias
04/08/2017 16h40

Se você quiser o meu nome completo, é esse: Luiz Melodia do Samba

Foi no morro de São Carlos, no bairro do Estácio, no Rio de Janeiro, em um dia seguinte de Festa de Reis, em 1951, que veio ao mundo Luiz Carlos dos Santos, que o Brasil viria a conhecer como Luiz Melodia. “Minha infância foi muito bacana” – disse o cantor que morreu nesta sexta-feira (4)* em decorrência de um câncer – “uma infância legal mesmo, a gente subia em árvore pra tirar manga, tinha pescaria, futebol, bola de gude, o carinho e amor dos parentes... isso foi fundamental”.