Economia
21/02/2018 12h42

Bolsonaro, o liberalismo político e a democracia

Leio na Folha de S.Paulo: Jair Bolsonaro, pré-candidato à Presidência da República, foi aplaudido de pé em evento promovido pelo Banco BTG Pactual. Na plateia, acotovelavam-se investidores e gentes do mercado financeiro. Em sua arenga, relata o jornal, Bolsonaro fez reverências ao credo do liberalismo econômico e teria prometido metralhar a Rocinha, depois de panfletagem aérea ordenando a desocupação da favela.

Por r Luiz Gonzaga Belluzzo*


Economia
20/02/2018 19h27

Paulo Kliass: A mentira da Previdência revelada

 A sequência cronológica é um tanto antiga. A confirmação do golpeachment remonta a 12 de maio de 2016, quando o Senado Federal votou pela primeira vez a favor do impedimento de Dilma Roussef. Com isso, ela foi afastada provisoriamente do cargo para o qual havia sido eleita um ano e meio antes. A confirmação veio pouco tempo depois, em 31 de agosto, quando a segunda votação naquela Casa ofereceu a Michel Temer as condições para assumir de forma definitiva o comando do governo.

Por Paulo Kliass*


Economia
20/02/2018 18h59

Na contramão, Temer quer se desfazer do Fundo Soberano do Brasil

 Para economista, o objetivo do desmonte do fundo, criado para combater efeitos de crises, é alcançar superávit primário; Enquanto Noruega anuncia que vai usar seu fundo Soberano para garantir a aposentadoria das gerações futuras, Brasil avisa que vai acabar com o fundo Soberano e ainda insiste na reforma da Previdência.


Economia
20/02/2018 18h13

Razões econômicas da violência que a intervenção não irá resolver

O presidente Temer justificou a intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro pela necessidade de combater o crime organizado, que estaria próximo de tomar conta do estado. Sem discutir aqui a eficácia do aumento do poderio militar para reduzir a violência urbana nem as consequências sociais e institucionais da intervenção, apenas apontam-se algumas razões econômicas que ajudam a explicar o aumento da violência no estado.

Por Emilio Chernavsky*


Economia
20/02/2018 16h28

Pesquisa aponta que mais pobres dominam estatística do desemprego

Os brasileiros estão demorando, em média, um ano e dois meses para conseguir emprego no Brasil, segundo a pesquisa “O desemprego e a busca por recolocação profissional no Brasil”, realizada pelo SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) e pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas), divulgada nesta terça-feira (20). Em 2016, o tempo médio de desemprego era de cerca de um ano. Confira AQUI a pesquisa na íntegra.

Por Marize Muniz


Economia
20/02/2018 11h53

Sem reforma, Temer envia nova pauta de retrocessos ao Legislativo

Com a tramitação da reforma da Previdência suspensa, o governo anunciou sua nova pauta prioritária para o Congresso, que reúne 15 projetos da área econômica. A agenda, considerada pela gestão importante do ponto de vista fiscal, aponta para mais retrocessos. Inclui temas como a privatização da Eletrobras, a desoneração da folha de pagamento, autonomia do Banco Central, "atualização" da Lei Geral de Telecomunicações e extinção do Fundo Soberano.


Economia
20/02/2018 10h15

Sem crescimento econômico, governos trazem militares de volta à cena

 Uso político do Exército no Brasil pode estar a serviço do receituário neoliberal, cujo produto final resultaria no abandono da democracia, dando lugar ao autoritarismo. EUA e França correm risco parecido.

Por Marcio Pochmann*


Economia
19/02/2018 19h58

Num dia de manifestações, reforma da previdência sai de pauta

No dia em que o país é tomado por manifestações contra a votação da reforma da Previdência, o presidente do Congresso Nacional, Eunício Oliveira (MDB-CE), determina a suspensão total da PEC da reforma da Previdência da agenda legislativa do congressso até o final do ano.


Economia
19/02/2018 11h26

Ikaro Chaves: A negociata da Eletrobras é uma das faturas do golpe

Em bate papo no programa Leo ao quadrado, com jornalistas Leonardo Attuch e Leonardo Stoppa da TV 247, o engenheiro eletricista, Ikaro Chaves que é diretor do STIU/DF e trabalha na Eletrobras (Eletronorte), comenta sobre o setor energético brasileiro e a grande negociata que está sendo armada para privatizar a Eletrobras. Para ele, a estatal de energia brasileira é mais uma das faturas cobrada pelos golpistas. Confira no vídeo sua argumentação.


Economia
18/02/2018 13h16

Gestão da Previdência passa por revogação da reforma trabalhista

Pensar efetivamente em uma Previdência pública impõe três medidas, segundo o Dieese: rever as restrições aos gastos da União, discutir o financiamento de longo prazo e revogar, total ou parcialmente, a recente "reforma" trabalhista, efetivada pela Lei 13.467. Em nota técnica, o instituto rebate argumentos recorrentes usados pelos defensores das mudanças: