Cultura
24/04/2017 9h48

Morreu Jerry Adriani, peça-chave na vida de Raul Seixas

Morreu neste domingo (23) no Rio de Janeiro, vítima de câncer, aos 70 anos, o cantor Jerry Adriani (nome artístico de Jair Alves de Sousa), um dos criadores do movimento musical “Jovem Guarda”, no começo dos anos sessenta. Dez anos atrás, quando eu pesquisava para escrever a biografia do Paulo Coelho, Adriani deu um longo depoimento que trazia uma novidade – pelo menos para mim: o papel que ele teve na carreira de Raul Seixas. Da entrevista resultou este trecho do livro.

Por Fernando Morais


Cultura
23/04/2017 16h22

Tejucupapo segundo Tereza Costa Rêgo

Tereza Costa Rêgo está especialmente ansiosa. Quando a escritora e jornalista Joana Rozowykwiat, sua neta que mora em São Paulo, telefonou informando que cancelaria qualquer compromisso para estar em Olinda no aniversário da avó, a artista enxergou, de repente, a areia escorrendo pela ampulheta.


Cultura
23/04/2017 12h40

Carinhoso e Rosa, de Pixinguinha, completam 100 anos

Com a ajuda de letras que caíram no gosto popular, duas melodias de Pixinguinha se tornaram unanimidade nacional. Rosa e Carinhoso completam 100 anos.

Por Marcos Sampaio, de O Povo


Cultura
23/04/2017 12h22

 Violeta Parra pintou, bordou, espalhou cultura e cantou a liberdade

Genebra, 1965. Em um programa da TV suíça, a crítica de arte Magdeleine Brumagne pede que Violeta Parra explique uma de suas arpilleras, uma técnica têxtil de raiz popular e também uma forma de expressão, de narrativa do cotidiano. “Estes são os que amam a paz”, responde, mostrando as figuras desenhadas: ela própria, um amigo argentino, uma amiga e uma índia chilenas.

Por Vitor Nuzzi


Cultura
21/04/2017 17h18

"Quando se faz arte, se faz política", diz Roberta Martinelli

A banda Aláfia foi ao programa Cultura Livre, da TV Cultura, a convite da apresentadora Roberta Martinelli. O episódio foi ao ar na quarta-feira 12 quando, para a surpresa dos músicos da apresentadora, um trecho da música "Liga nas de cem" foi editado e retirado. Mais especificamente, o trecho que critica o prefeito de São Paulo João Doria (PSDB) e o governador do estado Geraldo Alckmin (PSDB).


Cultura
20/04/2017 17h12

Joaquim, um Tiradentes demasiadamente humano

“Joaquim”, filme de Marcelo Gomes, humaniza o líder da Inconfidência, apresentando-o como personagem contraditório de uma civilização embrionária e brutal — porém fecunda, múltipla e, portanto, desafiadora.*

Por José Geraldo Couto**


Cultura
20/04/2017 16h44

A história para crianças que Jorge Luis Borges nunca escreveu

Jorge Luis Borges inventou uma história infantil. Nunca a escreveu, mas a história sobreviveu ao esquecimento graças à memória de uma das crianças que há 36 anos o ouviu com atenção infantil no apartamento do escritor no centro de Buenos Aires. Essa criança é hoje o adulto Matías Alinovi. Estudou física e também é escritor. Por isso foi a pluma por trás do livro O Segredo de Borges, que a Pequeño Editor lançará no fim de abril, durante a Feira do Livro de Buenos Aires.

Por Federico Rivas Molina


Cultura
20/04/2017 16h27

Baleia Azul, a reforma trabalhista e a pulsão de morte

Em tempos de Estado Islâmico e Trump ainda consegui me impressionar com a história da Baleia Azul e sua pulsão de morte. Li no jornal que os jogadores recebem a tarefa de “machucar alguém” e que são perseguidos quando querem sair do jogo. Recebem a tarefa de quem? São perseguidos por quem? Por que a polícia não se infiltra e não chega aos culpados?

Por Carolina Maria Ruy*


Cultura
20/04/2017 16h08

O mais famoso dos tangos completa cem anos!

La Cumparsita, “o tango dos tantos”, considerado Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela Unesco, completou cem anos nesta quarta-feira (19). O que poucos sabem é que a canção não é argentina, e sim uruguaia, tanto que é considerada um símbolo da identidade do país de Pepe Mujica.


Cultura
20/04/2017 11h41

Sob pressão e protestos, Maurício Macri ataca o cinema argentino

É impossível pensar em cinema latino-americano e não listar, imediatamente, uma série de filmes argentinos. Isso não acontece a toa, a Argentina tem hoje o maior mercado cinematográfico do continente. Isso é fruto de uma política de Estado consistente que garante formação, financiamento e distribuição. Mas se depender do presidente Maurício Macri o ataque à avançada Lei de Medios pode respingar na política nacional de cinema.

Por Mariana Serafini