Brasil
24/01/2015 11h52

Paulo Moreira Leite: Eduardo Cunha representa o atraso no Congresso

Introduzido no primeiro escalão da política brasileira pelo tristemente inesquecível tesoureiro PC Farias, Eduardo Cunha é o candidato dos falsos moralistas e reacionários, como Marco Feliciano. Também tem apoio dos partidários de um golpe militar, como Jair Bolsonaro. Político de interesses particulares e “particulares”, Eduardo Cunha representa o que de mais atrasado se pode encontrar no Congresso.

Por Paulo Moreira leite*


Brasil
24/01/2015 11h29

Ligação entre Bacia do Paraíba do Sul e Cantareira é incluída no PAC

Uma das principais obras para reforçar o abastecimento de água no estado de São Paulo passará a fazer parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O Comitê Gestor do PAC aprovou a inclusão, na carteira do programa, do canal entre as represas Jaguari, no Rio de Janeiro, e Atibainha, em São Paulo.


Brasil
24/01/2015 8h53

Flávio Dino reivindica ampliação do Minha Casa, Minha Vida no Maranhão

O novo governador do Maranhão, Flávio Dino, pleiteou a substituição e a construção de um total de 220 mil unidades habitacionais na região rural do estado durante reunião com o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, na última quinta-feira (22). Os dois ainda conversaram sobre projetos e obras realizadas nas áreas de saneamento e mobilidade urbana no estado.


Brasil
24/01/2015 0h00

Participação social revela novo jeito de governar SP, afirma Amazonas

Ao completar 300 dias de gestão à frente da Subprefeitura da Sé, Alcides Amazonas faz balanço e avalia que uma marca importante do seu trabalho como Subprefeito é o diálogo com o povo paulistano, em especial com as pessoas que dão vida ao centro de São Paulo.

Joanne Mota, da
Rádio Vermelho


Brasil
24/01/2015 0h00

Quem alimenta o mundo?

Em We Feed the World (Quem alimenta o mundo?), o realizador austríaco Erwin Wagenhofer rastreia as origens dos alimentos que comemos. O filme revela os impactos da globalização sobre a alimentação e apresenta a história de pescadores e camponeses, motoristas de caminhões de longo curso e administradores poderosos de empresas multinacionais, sobre o fluxo de mercadorias e o fluxo de dinheiro – um filme sobre a escassez no meio da abundância.  


Brasil
23/01/2015 19h22

Boletim da Rádio Vermelho: 2014, o ano que ainda não acabou

Na última semana, o debate político no país foi dominado por temas como a campanha para a presidência da Câmara dos Deputados. De Brasília, o jornalista e colaborador da Rádio Vermelho, Gustavo Alves, faz um pequeno recorte desse debate e fala sobre o clima entre os partidos que disputam à presidência.

Joanne Mota, da
Rádio Vermelho


Brasil
23/01/2015 18h14

Bolsa-família: mais alunos, menos pobreza 

Nem todos sabem, mas o programa de assistência social mais popular do país tem forte relação com a escola pública. Quem recebe o Bolsa Família, cerca de 50 milhões de brasileiros, precisa cumprir certas condicionalidades. Algumas estão ligadas à Saúde, como fazer o pré-natal, manter a vacinação dos bebês em dia e garantir boa alimentação a eles. 


Brasil
23/01/2015 17h10

Bandeira de Mello: "Mídia é o mais perigoso inimigo do Brasil"

Em entrevista ao programa Brasilianas.org, na TV Brasil, apresentado por Luis Nassif, o jurista Celso Antônio Bandeira de Mello, afirmou que a mídia é o maior inimigo do Brasil. "Eu considero que o mais perigoso inimigo do Brasil é a mídia brasileira e do jeito que ela é”.


Brasil
23/01/2015 16h14

Psol anuncia Chico Alencar como candidato à presidência da Câmara

Faltando 9 dias para a eleição do presidente da Câmara dos Deputados, o Psol lançou nesta sexta-feira (23) a candidatura de Chico Alencar, do Rio de Janeiro, para disputar o cargo com Arlindo Chinaglia (PT-SP), Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e Júlio Delgado (PSB-MG).


Brasil
23/01/2015 15h25

São Paulo: Por que condenamos a nossa história?

Não raro, vemos comentários nas redes sociais e até matérias que tentam desqualificar os paulistanos. Há uma campanha de difamação que tem como objetivo pregar a alcunha de que todos os que aqui moram são egoístas e conservadores e fazem isso de maneira mais brutal: condenando a sua história. O efeito dessa campanha é devastador, porque sem valorizar a sua história, os paulistanos tornam- se anêmicos, sem autoestima, raízes e identidade. 

Por Ana Flávia Marx para o Vermelho-SP