Vermelho

www.vermelho.org.br

06/09/2019

Jandira Feghali: É medieval censura de Crivella a livro com beijo gay

Pressionado pela bancada evangélica da Câmara Municipal, o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, determinou que os organizadores da Bienal do Livro, que acontece no Riocentro, recolhessem todos os exemplares da história em quadrinho em que há personagens homossexuais.

A líder da Minoria na Câmara dos Deputados, Jandira Feghali (PCdoB-RJ), classificou a atitude do prefeito como medieval e fora de contexto.

“O público da Bienal deu uma resposta à tentativa medieval de censura de Crivella a um livro com beijo gay: esgotou a edição às 10hrs. País que defende que criança faça arminha com a mão, mas não possa entender a pluralidade do amor e do afeto é grave”, escreveu no Twitter a deputada.

O prefeito justificou a decisão de tirar “Vingadores — A cruzada das crianças” das prateleiras do evento argumentando que é preciso proteger “os menores de nossa cidade”.

“Determinamos que os organizadores da Bienal recolham os livros com conteúdos impróprios para menores. Não é correto que eles tenham acesso precoce a assuntos que não estão de acordo com suas idades”, disse o prefeito.