Vermelho

www.vermelho.org.br

14/06/2019

Flávio Dino rebate Doria que cobrou "atitudes" dos governadores do NE

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que faltou "atitude" e "voz de comando" por parte de governadores do Nordeste para que os estados fossem mantidos no relatório da reforma da previdência apresentado pelo deputado Samuel Moreira (PSDB-SP).

“Se atitude significa ser subserviente, não é realmente o nosso caso. Nossa atitude tem evitado graves retrocessos, em temas como BPC (Benefício de Prestação Continuada), aposentadoria rural, capitalização, desconstitucionalização”, reagiu nesta sexta-feira (14) o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).

Apesar disso, o governador diz que respeita as “atitudes” do governador de São Paulo. “São escolhas ideológicas e ele que responda por elas. Mas certamente ele não tem o direito de reclamar idênticas ´atitudes´ de quem deseja preservar direitos sociais dos mais pobres”, afirmou.

“De minha parte, mantenho a mesma conduta desde sempre: diálogo com todos, mas sem abrir mão de princípios. Princípios estes que são diferentes dos adotados pelo governador Doria. Diferenças normais em um regime democrático, e por isso têm todo meu respeito”, finalizou.