Vermelho

www.vermelho.org.br

08/03/2018

Manuela: "Nós temos umas às outras para lutar por direitos iguais"

Em razão do Dia Internacional da Mulher, a pré-candidata do PCdoB à Presidência da República e deputada estadual (RS), Manuela D’Ávila, fez um pronunciamento contundente na sessão solene da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul nesta quarta-feira (7), ressaltando a luta das mulheres pela igualdade de direitos e de salários. “Nós, mulheres, não estamos sozinhas. Nós temos umas às outras para lutar por uma sociedade com direitos iguais”, afirmou a pré-candidata.

Em sua fala, Manuela apontou os números alarmantes sobre a violência contra as mulheres. “Há cada dois segundos, uma brasileira é vítima de assédio sexual ou moral no nosso país. É preciso falar que milhares e milhares de mulheres são vítimas de violência dentro dos seus ambientes domésticos”, lamentou.

A pré-candidata também abordou a desigualdade salarial de gênero no Brasil e a dificuldade das mulheres retornarem ao mercado de trabalho após a maternidade. “Nós somos um país em que metade das mulheres, depois que dão a luz, e depois que têm seus filhos, não consegue voltar ao mercado de trabalho”, pontuou.

Segundo Manuela, é “preciso falar sobre todos esses problemas e explicar que isso tem um nome: o machismo”. “O machismo é a ideia que os homens são superiores a nós. E nós, mulheres, nos encontramos na ideia de que nós merecemos ser iguais aos homens. E nós, feministas, acreditamos na ideia radical de sermos iguais.”

Assista ao vídeo da pré-candidata do PCdoB na íntegra: