Vermelho

www.vermelho.org.br

23/10/2013

UJS lança Centro Cultural O Cortiço nesta sexta

União da Juventude Socialista (UJS) lança Centro Cultural O Cortiço.

“Eram cinco horas da manhã e o cortiço acordava, abrindo não os olhos, mas a sua infinidade de portas e janelas aninhadas. (…) O rumor crescia, condensando-se; o zunzum de todos os dias acentuava-se; já não se destacavam vozes dispersas, mas um só ruído compacto que enchia todo o cortiço. (…) Sentia-se naquela fermentação sanguínea, naquela gula viçosa de plantas rasteiras que mergulham os pés vigorosos na lama preta e nutriente da vida, o prazer animal de existir, a triunfante sensação de respirar sobre a terra”. Da obra de Aluísio Azevedo, O Cortiço (1890).




Esta passagem de uma das principais obras literárias brasileiras revela com profundidade e poesia a alma do nosso povo, forjada na luta dos negros e da população pobre em geral. O Cortiço, de Aluísio Azevedo, é na verdade um relato poético e naturalista do nascimento das favelas cariocas, representação do povo mais humilde e excluído do Brasil, que busca, através de sua música e capoeira, expressar a batalha do dia a dia por uma vida melhor. Esta é a inspiração maior do centro cultural da UJS, “Cortiço”.

O novo centro cultural da União da Juventude Socialista (UJS) abrirá as portas na sexta feira (25). O espaço, que fica no tradicional e querido bairro da liberdade, contará com uma programação recheada de literatura, artes cênicas, gastronomia, cinema e muita música. Nessa sexta (25), roda de samba e entrada gratuita.

Confirme sua participação no evento do Facebook

Curta a página do Cortiço179

Baixe o folder de divulgação

Serviço:
Lançamento Centro Cultural O Cortiço
Dia 25 de Outubro às 19h00
Local: Rua Taguá, 179 – Liberdade (SP), pertinho da estação do metrô São Joaquim. Tropeçou, chegou.

Fonte: UJS