Cultura

12 de fevereiro de 2018 - 11h38

Paraíso da Tuiuti leva "Vampiro neoliberalista" ao Sambódromo do Rio

AFP
Um dos destaques do desfile foi o Vampiro Neoliberalista Um dos destaques do desfile foi o Vampiro Neoliberalista

Com o samba enredo "Meu Deus, Meu Deus, Está Extinta a Escravidão?" os foliões fizeram um resgate histórico do período da escravidão até os dias de hoje, quando os direitos trabalhistas estão sob ataque do governo de Michel Temer. Encenação de escravos e trabalhadores contemporâneos também explorados e sem direitos trabalhistas deram o tom do desfile.
Um dos carros de destaque foi o que levou o "presidente" Temer no topo, chamado de " vampiro neoliberalista". Nesta parte do desfile também estava a ala dos "paneleiros", centenas de passistas vestidos como os manifestantes que impulsionaram o impeachment de Dilma Rousseff, usando ainda uma boia no formato do icônico "pato da Fiesp", praticamente o símbolo do golpe.
O desfile agradou o público que não demorou a puxar palavras de ordem como "olê, olê, olá, Lula, Lula". Já a Globo, que transmitia o espetáculo, ficou em maus lençóis. Os comentaristas Fátima Bernardes, Alex Escobar e Milton Cunha, tiveram que sambar para esconder o constrangimento.


Do Portal Vermelho

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais