Economia

6 de fevereiro de 2018 - 17h08

Boeing terá até 90% do controle da aviação comercial da Embraer


   
A Boeing apresentou uma nova proposta que agradou o governo brasileiro que já vinha sendo anunciada pela imprensa na semana passada. É a criação de uma nova empresa com toda a área comercial - e mais competitiva - da Embraer. A nova companhia, não mudaria de nome, continuaria com a marca da brasileira, mas a norte-americana teria entre 80% e 90% do controle.

A proposta traz como solução deixar a área de Defesa da Embraer como está, nacionalizada, evitando qualquer problema diplomático com a sueca Saab para compra dos caças Gripen. A estrutura acionária da Embraer, com os mesmos acionistas e a 'golden share' do governo, seria mantida.

Segundo informações do jornal Valor, o acordo depende apenas da aprovação dos acionistas e novas reuniões, incluindo o governo, serão agendadas em Brasília apenas após o Carnaval.

Quanto ao valor de compra oferecido pela Boeing à fabricante brasileira será o equivalente a até 90% do seu capital em dinheiro, sendo a maior parte distribuída aos acionistas (85% estrangeiros) na forma de dividendos, aumentando as chances da proposta ser aprovada.


 Fonte: GGN

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais