Movimentos

25 de janeiro de 2018 - 12h45

UBM: Repúdio à prisão das 13 militantes sociais em Porto Alegre

Reprodução
   

Confira nota:

Nota da União Brasileira de Mulheres Pela Libertação das Jovens Detidas Arbitrariamente

Na noite de 24/1/18, jovens militantes foram detidos no 3° Depto. de Polícia de Porto Alegre e 13 jovens mulheres foram levadas arbitrariamente ao Presídio Madre Pelletier.

Mais um fato que demarca o momento político vivenciado no Brasil. Estamos passando por desmonte do Estado Brasileiro. Atuam pela cultura do medo, seja retirando os direitos, seja amedrontando para barrar quaisquer formas de organização e manifestação.

O projeto político imposto no Brasil, e que se reproduz no Rio Grande do Sul e na cidade de Porto Alegre, segue tomando atitudes para consolidar o golpe contra o povo brasileiro. E nesse contexto, incluem a criminalização dos movimentos de esquerda e total intolerância e desrespeito ao outro.

“Tentam nos enterrar, mas não sabem que somos sementes.” Dia 24 de janeiro de 2018 ficará marcado na história do país e do mundo: dos que lutam pelo Estado Democrático de Direito, conquistado pelo povo, e os que impõem o pacote de maldades e da repressão contra as mulheres e os homens.

Nossa solidariedade à juventude retida pela polícia e convidamos a todas e todos: “Lute como uma mulher em defesa da Democracia!”

União Brasileira de Mulheres
25 de janeiro de 2018



Do Portal Vermelho

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais