Movimentos

19 de dezembro de 2017 - 12h21

Professores do Paraná ocupam Palácio Iguaçu e forçam Richa a negociar

APP/Sindicatos
Professores voltam a se reunir com autoridades estaduais para tratar das contratações sem cortes para 2018 Professores voltam a se reunir com autoridades estaduais para tratar das contratações sem cortes para 2018

Dezenas de professores permaneceram no local por quase quatro horas, e foram recebidos por representantes do governo, que se comprometeram a negociar.

Na semana passada, a Secretaria da Educação lançou o edital para a contratação de professores PSS com jornadas semanais de 20 horas e corte de 13% nos salários dos profissionais – redução de quase R$ 200 em relação aos salários de 2017.

Da reunião, que contou com a participação de representantes do Ministério Público e parlamentares, o Sindicato dos Professores do Paraná (APP-Sindicato) conseguiu a abertura de negociação para a tarde desta terça (19) com representantes da Casa Civil e das secretarias da Educação, Fazenda, Planejamento e Coordenação Geral, para tratar exclusivamente da garantia de salário sem cortes para os educadores.

Para seguir pressionando o governo pela negociação, o APP-Sindicato convoca a categoria para comparecer novamente ao Palácio Iguaçu, nesta terça, a partir das 16h. “Nós estamos em estado de greve, faremos sim um novo ato público amanhã [hoje] e, na reunião, vamos reforçar esta posição de que o governo precisa corrigir o edital e manter os atuais salários. Se há necessidade de cortes de gastos, que não venha para cima de quem já recebe os menores salários”, defende o presidente da entidade, Hermes Silva Leão.

Confira reportagem da TVT:



Rede Brasil Atual

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais