Mundo

18 de dezembro de 2017 - 12h57

Abaixo-assinado: Jerusalém, capital do Estado da Palestina


Ed Giles / Lights Talkers
Soldados israelenses em Jerusalém, próximos ao Muro das Lamentações judeu e à Cúpula da Rocha muçulmana, ao fundo; foto de 2014 Soldados israelenses em Jerusalém, próximos ao Muro das Lamentações judeu e à Cúpula da Rocha muçulmana, ao fundo; foto de 2014
O evento acontecerá nos dias 21 e 22 de dezembro, das 10h às 12h, na embaixada do Estado da Palestina no Brasil, em Brasilia (SEN Lote 46 - Asa Norte). Para divulgar o convite e promover o apoio dos brasileiros à Palestina nesse atual embate pela sua independência e soberania, foi criado um abaixo-assinado online

A embaixada, ao fazer esse apelo, lembra que todas as resoluções da ONU, desde 1948 até os dias de hoje, afirmam e declaram que Jerusalém Oriental é território palestino ocupado a força por Israel e constitui uma violação ao Direito Internacional, sendo assim Israel deve se retirar dos territórios palestinos ocupados.

Israel autodeclarou Jerusalém como sua capital ignorando todas as resoluções das Nações Unidas, além de não dar voz as determinações palestinas sobre o assunto. Apenas os Estados Unidos de Donald Trump reconheceu Jerusalém como capital de Israel, uma vez que todos os estados membros da ONU, inclusive o Estado do Vaticano, e suas embaixadas estão situadas em Tel Aviv. 

A decisão de Trump "viola todas as resoluções e acordos internacionais e regionais, além de inderir a região do Oriente Médio e o mundo numa situação de convulsão e instabilidade que só afeta os povos que querem viver em paz, justiça e liberdade em seus países, inclusive e particularmente, o povo palestino", como diz o comunicado oficial. 


Do Portal Vermelho 

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais