11 de dezembro de 2017 - 13h08

 Mulheres indígenas: Perpétua e desembargadora Eva na aldeia de Feijó.


   
 Foi numa aldeia (Nova Aldeia) de Feijó, no Acre.
O inusitado é a presença da desembargadora do Tribunal de Justiça do Acre, Eva Evangelista que falou sobre a violência contra a mulher, que, junto com Perpétua Perpétua Almeida, a única agente política que foi convidada – viveu um pouco da realidade dos indígenas acreanos.
O Movimento de Mulheres Indígena do Acre se mobilizam e falam de saúde, direito e a participação da mulher na política .


  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais