Cultura

1 de dezembro de 2017 - 17h19

As imagens que dão vida à poesia 

Mazé Leite
Ilustração do capítulo "Estuário de alegrias e desgraças"  Ilustração do capítulo "Estuário de alegrias e desgraças" 


"Pé de Ferro"

“Quando o Adalberto me pediu essas ilustrações, ele me enviou uma cópia do livro, que eu li duas vezes” começa Mazé, afirmando que já na primeira leitura as imagens começaram a aparecer, segundo ela, por conta da qualidade da poesia de Adalberto. “Com a beleza da poesia, as imagens vão aparecendo”, diz.


"Maus presságios"

A ilustradora contou que, normalmente, quando o trabalho é mais difícil, ela pede um prazo maior para a entrega; mas nesse caso não aconteceu. “Eu me envolvi tanto com a poesia que consegui fazer todas as ilustrações em praticamente três dias de trabalho”, afirma.


"No país do prazer"

“O ilustrador é como se fosse a complementação em imagens da poesia em palavras. Eu precisei mergulhar nos poemas para conseguir fazer ilustrações que refletissem a poesia” e completa: “foi empolgante. Eu realmente mergulhei nesse trabalho”.


"O tango na Paulista"





Do Portal Vermelho 

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais