Brasil

27 de novembro de 2017 - 13h56

Pesquisa na Bahia: Lula lidera e Manuela pontua pela primeira vez 


Foto: Marcelo Favaretti
   
Um novo levantamento do Instituto Paraná Pesquisas, divulgado nesta segunda-feira (27), mostra o posicionamento mais recente das pré-candidaturas presidenciais para 2018 entre os eleitores da Bahia. A pesquisa ouviu 1.576 eleitores entre os dias 16 a 21 de novembro e, nos dois cenários apresentados, o ex-presidente Lula aparece em primeiro lugar, com 48%, e venceria a disputa já no primeiro turno.

A novidade da pesquisa é o surgimento da pré-candidata do PCdoB, Manuela D’Ávila, que pontuou pela primeira vez com 0,5%. Este percentual pode ser maior já que a margem de erro da pesquisa é de 2,5%. A deputada, que se encontra em Fortaleza cumprindo uma agenda de debates, comemorou a pesquisa. “No dia da nossa primeira agenda do nordeste já começamos pontuando”, afirmou Manuela. 

A pré-candidatura de Manuela D’Ávila foi lançada há menos de um mês, no dia 5 de novembro, quando o Comitê Central do PCdoB esteve reunido para aprovar o documento final que seria levado ao 14º Congresso Nacional do partido. Na ocasião, a presidenta do PCdoB, Luciana Santos, afirmou que a pré-candidatura de Manuela visa ampliar o protagonismo do partido na disputa de 2018. Em comunicado distribuído à imprensa, Luciana Santos enumerou algumas linhas programáticas da pré-candidatura: a retomada do crescimento econômico e da industrialização; a defesa e ampliação dos direitos do povo; a reforma do Estado, de forma a torná-lo mais democrático e capaz de induzir o desenvolvimento com distribuição de renda e valorização do trabalho. Entre os dias 17 e 19 de novembro o congresso do PCdoB confirmou a indicação de Manuela como pré-candidata.

Mais sobre Manuela D’Ávila

Manuela D’Ávila é jornalista e deputada estadual pelo Rio Grande do Sul, já tendo cumprido dois mandatos como deputada federal, quando foi líder do PCdoB na Câmara dos Deputados. Foi indicada três vezes pelo Diap como uma das 100 “Cabeças” do Congresso e cinco vezes ao Prêmio Congresso em Foco, que premia os melhores parlamentares do Brasil. Em 2014 foi eleita deputada estadual e atualmente é também procuradora especial da Mulher da Assembleia Legislativa.

Em 1999, filiou-se à União da Juventude Socialista (UJS). Também foi vice-presidenta da União Nacional dos Estudantes (UNE). Em 2004, com 23 anos, foi eleita a mais jovem vereadora de Porto Alegre.

No PCdoB, ingressou em 2001 e, em 2013, foi eleita presidenta estadual do partido. Na Câmara Federal, Manuela foi autora da Lei do Estágio e relatora do Vale-Cultura e do Estatuto da Juventude, presidiu a Comissão de Direitos Humanos e foi coordenadora da bancada gaúcha. Como deputada estadual, apresentou projetos importantes e foi proponente de diversas audiências públicas para debate de problemas e soluções com a população.



Do Portal Vermelho

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais