Movimentos

21 de novembro de 2017 - 17h26

Guaranis sofrem com ataques de pistoleiros em Santa Catarina


Audiência Pública na Câmara Municipal de Palhoça (SC). Ameaça de vereador do DEm a representantes indígenas Audiência Pública na Câmara Municipal de Palhoça (SC). Ameaça de vereador do DEm a representantes indígenas
Ela sofreu vários cortes na cabeça com um facão e teve a mão decepada. Ela está internada, mas não corre risco", relata Eunice, em entrevista à jornalista Marilu Cabañas, da Rádio Brasil Atual, nesta terça-feira (21).

Eunice afirma que parte do clima de violência é responsabilidade do próprio poder público, principalmente da Câmara Municipal de Palhoça, por parte do vereador Nirdo Artur Luz (DEM), o Pitanta. "Ele chamou a gente para uma audiência pública, mas ela foi uma incitação à violência contra nós. Antes de acontecer o ataque contra minha mãe, o vereador fez um pronunciamento muito assustador."

Por se próximo de uma região de praias, o território indígena está na mira da especulação imobiliária. "A gente soube que havia um projeto de hotel resort bem no Morro dos Cavalos, pois aqui tem uma visão muito bonita", conta.

Alvos de tiroteio durante as madrugadas, os indígenas não contam com suporte dos órgãos públicos. "A gente teve uma reunião com o pessoal do Ministério Público e da Polícia Federal para que houvesse mais proteção para nós. Mas aí colocaram muita burocracia e até hoje estamos sem resposta. A gente tem pedido para os apoiadores venham ajudar na vigília nos finais de semana", conclui.

Ouça a entrevista: 




Rede Brasil Atual

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais