Mídia

10 de novembro de 2017 - 12h04

Internautas respondem racismo de Waack com homenagem #ÉCoisaDePreto

.
 Martin Luther King  Martin Luther King

Enquanto essa semana a Organização das Nações Unidas (ONU) lança uma campanha no Brasil para combater o racismo e alertar sobre a violência contra negros, William Waack mostra que atitudes racistas, infelizmente, acontecem frequentemente, mas não serão  toleradas.

Nesta quarta-feira (08), um vídeo com o apresentador da Globo, William Waack, em que critica um motorista que buzina perto do estúdio dizendo que isso “é coisa de preto”. As imagens foram gravadas no dia 8 de novembro de 2016, durante a campanha eleitoral americana, em Washington.

Após sua divulgação, o vídeo viralizou e gerou revolta na internet, mas a campanha #écoisadepreto ganhou o primeiro lugar dos trendings topics – lista de assuntos mais falados do Twitter –, com mensagens de orgulho sobre personalidades negras do Brasil e do mundo.

Os internautas do Twitter usaram a hashtag #écoisadepreto para mostrar que os negros são responsáveis por enormes conquistas da sociedade e que coisa de preto é coisa muito boa, transformando o comentário racista em memória de conquistas negras.

Foram lembradas personalidades brasileiras como Elza Soares, Milton Nascimento, Cartola, Gilberto Gil e Machado de Assis.

Algumas personalidades internacionais citadas foram: Barack Obama, Miles Davis, Nina Simone e Martin Luther King.

Confira abaixo alguns tweets:

































*Estagiária no Portal Vermelho

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais