Brasil

24 de outubro de 2017 - 11h44

Luciana Santos poderá concorrer ao Senado pelo PCdoB em Pernambuco

Foto: PCdoB/PE
 A presidenta do PCdoB Luciana Santos ao falar para os comunistas pernambucanos  A presidenta do PCdoB Luciana Santos ao falar para os comunistas pernambucanos

A decisão dos comunistas pernambucanos ocorre em sintonia com o debate que o partido faz sobre o aumento do seu protagonismo na disputada eleitoral de 2018. Na resolução aprovada pela conferência esatdual, o partido reafirma "seu compromisso de lutar pela reaglutinação das forças democráticas, progressistas e populares, em Pernambuco e no Brasil, com vistas à construção de uma frente ampla, plural e heterogênea capaz de derrotar as forças que nos usurparam o poder e de possibilitar a retomada do ciclo transformador do nosso país em bases soberanas, democráticas, e em favor do povo".

Além da indicação de Luciana ao Senado, os comunistas decidiram por montar chapa própria para a Câmara dos Deputados e Assembleia Legislativa de Pernambuco. Nacionalmente o partido discute candidatura própria à Presidência da República. A decisão será votada durante o congresso de novembro.

Durante o encontro pernambucano foi discutido o documento distribuído pela direção nacional do partido para orientar os debates, onde foram aprofundadas questões como a política externa, a defesa do estado Democrático de Direito, a necessidade de uma frente que reaglutine as forças democráticas, progressistas e populares, a regressão neoliberal do Governo Temer, os ataques aos direitos trabalhistas, a Reforma Previdenciária e as perspectivas para construção de um novo projeto nacional de desenvolvimento.

A análise local também foi abordada e, entre outras questões, os comunistas discutiram a necessidade de lutar contra a privatização da CHESF, contra o enfraquecimento da Hemobrás, e os esforços no sentido de recuperação da Mata Sul após os estragos das enchentes, de concretização das Adutoras do Agreste e de Serro Azul e o Anel Viário da RMR, entre outras questões.

Sobre Luciana Santos

Luciana é engenheira eletricista, formada pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE. Nasceu em Recife em 29 de dezembro de 1965. Em 1992, candidatou-se a vereadora em Olinda, concorrendo pela primeira vez a um cargo público. Já nesta eleição obteve uma excelente votação, chegando à primeira suplência. Em 1994, concorreu ao cargo de deputada estadual, ficou na suplência e assumiu o mandato dois anos depois. Neste intervalo foi presidenta do Instituto de Pesos e Medidas de Pernambuco.

Como deputada estadual, em 1996, marcou seu mandato pelo envolvimento direto com os movimentos populares. Em 1998, Luciana Santos reelegeu-se deputada estadual com 26 mil votos, quase o dobro de votos obtidos no pleito anterior.

Em 2000, Luciana Santos elegeu-se a primeira prefeita comunista do Brasil com mais de 107 mil votos. Em 2004, reelegeu-se prefeita de Olinda, no primeiro turno, com cerca de 122 mil votos. No governo de Eduardo Campos, assumiu a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente. Atualmente, Luciana Santos está em seu segundo mandato como deputada federal por Pernambuco e é presidenta nacional do Partido Comunista do Brasil – PCdoB.

Leia abaixo a [integra da resolução do PCdoB-PE

O Partido Comunista do Brasil em Pernambuco torna pública a disposição da legenda de apresentar aos pernambucanos, ao Brasil e às forças políticas aliadas, com convicção e entusiasmo, uma candidatura própria à Presidência da República, e, no âmbito local, a pré-candidatura da deputada federal Luciana Santos à Senadora da República, nas eleições de outubro de 2018.

A decisão foi aprovada pelo Pleno da 20ª Conferência Estadual do PCdoB realizada neste fim de semana, que reuniu, no Recife, cerca de 300 delegados/as de diversos municípios do estado, etapa preparatória ao 14º Congresso Nacional do partido, que acontecerá nos dias 17, 18 e 19 de novembro próximo, em Brasília (DF), quando será debatido o nome do (a) camarada que participará da disputa presidencial.

Com essa proposta, o PCdoB reforça sua luta pelo desenvolvimento do Brasil, marcada por seus 95 anos de presença constante na vida política, social e cultural da Nação; reafirma o compromisso de luta pelo restabelecimento da política externa soberana e do Estado Democrático de Direito, contra a perseguição política de parte do sistema judiciário ao presidente Lula e pela garantia de realização das eleições em 2018. Os comunistas pernambucanos reafirmam ainda seu compromisso de lutar pela reaglutinação das forças democráticas, progressistas e populares, em Pernambuco e no Brasil, com vistas à construção de uma frente ampla, plural e heterogênea capaz de derrotar as forças que nos usurparam o poder e de possibilitar a retomada do ciclo transformador do nosso país em bases soberanas, democráticas, e em favor do povo.

No âmbito local, o PCdoB-PE se mantém firme no combate à discriminação e à retaliação praticadas pelo governo ilegítimo dirigido por Temer contra o governo do nosso estado no seu esforço de recuperar a Mata Sul dos estragos feitos pelas enchentes; concluir as obras das adutoras do Agreste e de Serro Azul; construir o Anel Viário da Região Metropolitana do Recife, entre outras iniciativas essenciais para o progresso e o desenvolvimento de Pernambuco e de seu povo. Os comunistas se colocam ainda contra a privatização da Chesf e o sucateamento da Hemobrás.

O PCdoB-PE conclama todos (as) os (as) pernambucanos (as) a lutarem ainda contra o retrocesso ultraliberal imposto pelo governo ilegítimo de Temer; a eliminação de direitos sociais da população mais pobre; e as reformas trabalhista e previdenciária, que atingem de morte milhares de trabalhadores e trabalhadoras brasileiros (as).

Recife, 22 de outubro de 2017.
Comissão Política Estadual
20ª Conferência Estadual do PCdoB/PE


 
De Brasília, Aan Cristina Santos

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais