Brasil

22 de setembro de 2017 - 15h41

Defesa de Lula vai recorrer a plenário do STJ por suspeição de Moro


Lula Marques
   
 Na quinta (21), Fischer apontou que declarar a parcialidade de Moro ou não dependeria do reexame de provas, o que contraria súmula do próprio STJ.

"Vamos recorrer para que o colegiado analise o tema da suspeição, tal como opinou o Ministério Público Federal em parecer emitido nos autos", disse o advogado Cristiano Zanin.

No recurso, a defesa apontou "procedimentos e decisões que violam a imparcialidade requerida ao juiz Sérgio Moro para a condução dos inquéritos."

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região já havia negado pedido da defesa sobre o caso. O tribunal concluiu que, ao contrário das alegações do ex-presidente, manifestações de Moro em textos jurídicos ou palestras sobre corrupção não levariam à suspeição do magistrado para julgar casos contra Lula.

Para apontar a suspeição de Moro, a subprocuradoria do MPF acolheu as fotos anexadas pela defesa, de Moro participando de eventos ao lado de Aécio Neves (PSDB) e outros tucanos.


 Fonte: GGN

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais