Movimentos

20 de julho de 2017 - 15h39

'Condenação de Lula foi política', diz Boulos


Mídia Ninja
   
Para Boulos, é preciso defender Lula da perseguição que vem sofrendo, pois a condenação do ex-presidente, segundo ele, ocorreu "sem provas", fruto de um processo "viciado", conduzido a partir de uma culpa já pré-estabelecida.

"A condenação do Lula, na semana passada, pelo Sérgio Moro, na medida em que foi uma condenação sem provas, na medida em que, desde o princípio, o processo foi conduzido com presunção de culpa, de maneira viciada, foi uma condenação política, e não jurídica", afirmou.

Sobre a necessidade eleições direitas, Boulos diz que não é possível aceitar uma "saída por cima" para a atual crise política, fazendo referência a uma eventual eleição indireta, em que o sucessor de Temer seria escolhido por deputados e senadores, e que tem o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), como um dos favoritos.

Para Boulos, o Congresso não tem legitimidade para efetuar essa escolha no lugar do povo. "Essa turma não tem legitimidade nem para mudar nome de rua, quanto menos para eleger o presidente da República."



Do Portal Vermelho com informações da Rede Brasil Atual

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais