11 de maio de 2017 - 13h43

 Colunista da Globbels faz malabarismo ao analisar depoimento de Lula 


 Claudio Machado*

A coluna inteira é um monte de bobagens sem fundamentos, e serve apenas como correia de transmissão do pensamento (ou desejo) de seus patrões. Mas essa afirmativa sobre a popularidade de Lula é tão "solta no ar", sem maiores preocupações contextuais, que a reprovaria em qualquer teste sobre ciência política e torna menor ainda sua importância (já tão comprometida) para o jornalismo brasileiro.

Se formos aos números das recentes pesquisas que apontam a tendência de voto do eleitorado brasileiro nas próximas eleições presidenciais (se houver eleições, se não formos surpreendidos com um golpe dentro do golpe), veremos que a intenção de voto no pré-candidato Lula gira em torno de 40%.

Ora, é um número fantástico, se formos considerar a intensa campanha negativa contra o ex-presidente, perpetrada pelos principais veículos de comunicação (?) brasileiros, capitaneados pela rede Gloebbels. Apesar dessa tentativa infame, diuturna, de destruir a imagem de Lula, a intenção de votos no "jararaca" cresce a cada dia e a cada golpe desferido contra ele.

Mirian, avise a seus patrões (para não ser cobrada depois), que 40% de intenção de votos em tais circunstâncias é muito mais representativo, significa mais do que a aprovação que Luiz Inacio tinha quando findou seu primeiro mandato e surfava a onda do exuberante crescimento brasileiro. Após o depoimento de ontem, então... É só aguardar as próximas pesquisas.

Publicado originalmente no blog "Combatente"



 *Claudio Machado é secretário estadual de comunicação do Comitê Estadual do PCdoB do Espírito Santo.

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais