Brasil

1 de abril de 2017 - 13h46

Por criticar Lava Jato e Moro, sindicalista é intimado pela PF


Reprodução
   
Segundo a notificação, Ponciano está sendo investigado por possível ocorrência de delito previsto nos artigos 140 (injúria), 147 (ameaça), 286 (incitação ao crime) e do Código Penal bem como no Artigo 2º , inciso 1º da Lei nº 12.850/2013, tendo em vista que pessoas ainda não identificadas estariam usando perfis em rede sociais para supostamente atentar contra a vida do juiz federal Sergio Moro.

“Escrevo textos em meu perfil numa mídia social e em sites de opinião criticando sim procedimentos da Lava Jato e a seletividade do juiz Moro. Faço somente análises do contexto da investigação, ao criticar como ela acabou por se tornar uma orquestração política usada por veículos de comunicação e a direita interessados apenas em demonizar a imagem do Partido dos Trabalhadores e de suas lideranças. Em momento algum quis injuriar e ameaçar a integridade física do juiz Sergio Moro e de qualquer outra pessoa ou autoridade envolvidas na investigação”, afirmou Roberto Ponciano.



Fonte: Agência Petroleira de Notícias

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais