América Latina

21 de março de 2017 - 12h25

Pesquisas apontam vitória de candidato de Rafael Correa no Equador


Andes
Uma das principais bandeiras de Lenín Moreno é a acessibilidade, ele mesmo se locomove com cadeira de rodas depois de ter sido baleado durante um assalto Uma das principais bandeiras de Lenín Moreno é a acessibilidade, ele mesmo se locomove com cadeira de rodas depois de ter sido baleado durante um assalto
Lenín Moreno, do Movimento Aliança País tem 53,2% das intenções de voto, enquanto seu opositor, o banqueiro Guillermo Lasso, do Creo, tem 46,8%. O segundo turno das eleições presidenciais acontecem no próximo domingo (2). No primeiro turno faltou apenas 0,77% de votos para o candidato governista vencer, e agora, o opositor conta com apoio da candidata neoliberal Cyntia Viteri.

Lenín é o atual vice-presidente do país e baseou sua campanha na continuidade dos projetos de inclusão social e distribuição de renda implementados nos últimos dez anos com a Revolução Cidadã, encabeçada por Correa. Já Guillermo é um reconhecido banqueiro, de uma das famílias mais ricas do país, e propõe redução do Estado, diminuição de juros e fortalecimento do mercado.

No primeiro turno, realizado em 19 de fevereiro, os equatorianos elegeram os parlamentares e governadores dos Estados. Apesar da larga vantagem de Lenín sobre Guillermo, faltou menos de 1% de votos para este vencer o pleito na primeira volta. A coalizão governista ganhou a maioria absoluta dos assentos no parlamento.


Do Portal Vermelho, com agências

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais