América Latina

16 de março de 2017 - 12h19

Senadora mexicana propõe boicote a empresas construtoras do muro


Reuters
Mexicanos protestam contra o muro proposto por Trump na fronteira entre os dois países Mexicanos protestam contra o muro proposto por Trump na fronteira entre os dois países
"O Estado mexicano deve abster-se de assinar contratos com ou de admitir nas licitações públicas sobre bens e serviços essas empresas", informou o serviço de imprensa da senadora. Cuevas disse que os Estados Unidos já gastaram US$ 7 bilhões na construção de mais de 620 milhas de cercas fronteiriças.

De acordo com a senadora, o projeto do muro exigirá US$ 6 bilhões de investimentos e não vai acelerar o comércio entre os dois países, que atualmente ultrapassa US$ 1 bilhão por minuto.

A ordem executiva sobre a construção do muro na fronteira entre os EUA e o México, um dos pontos centrais da campanha do presidente dos EUA Donald Trump, foi assinada em 25 de janeiro. Durante a campanha Trump afirmou que o México deve pagar pela construção.


  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais