Brasil

15 de março de 2017 - 17h59

“Esta reforma é um ataque às nossas conquistas”, diz Alice Portugal


   
Alice uniu-se aos trabalhadores, agricultores familiares e professores para protestar contra o desmonte da Previdência Social. A marcha tomou a Esplanada e se encerrou no Ministério da Fazenda, que foi ocupado nesta madrugada.

“Neste dia histórico, venho aqui na porta do Ministério da Fazenda apontar o dedo na cara deste Temer golpista. Ele quer tirar o direito dos mais pobres, das trabalhadoras rurais, das professoras. Esta reforma é um ataque às nossas conquistas que alcançamos com enorme sacrifício”, disparou Alice.

A Reforma da Previdência, enviada pelo governo ilegítimo de Michel Temer, enfrenta resistência da sociedade porque aumenta o tempo de contribuição para 49 anos para recebimento integral do benefício, estabelece a idade mínima de 65 anos para homem e mulher, põe fim à aposentadoria especial de determinadas categorias (professores, por exemplo) e à aposentadoria por invalidez, entre outras medidas que inviabilizam a aposentadoria dos brasileiros.

As manifestações aconteceram em diversas capitais do país e demonstraram o descontentamento da sociedade com as reformas da Previdência e Trabalhista. A expectativa da Bancada do PCdoB é de que as reformas fiquem menos injustas, diante dos apelos das ruas.



Fonte: Liderança do PCdoB na Câmara

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais