Mundo

2 de março de 2017 - 12h53

Parlamento Europeu retira imunidade de Marine Le Pen


Prensa Latina
Marine Le Pen  Marine Le Pen 
Reunido na cidade francesa de Estrasburgo, o pleno da Eurocâmara votou majoritariamente a favor de retirar a imunidade da eurodeputada que representa a Frente Nacional (FN), da qual também é líder.

A consulta foi realizada por uma solicitação da justiça da França, como parte de uma investigação judicial aberta depois de Marine ter publicado em 2015 imagens de vítimas de execuções do EI.

Mesmo que as fotos compartilhadas no Twitter procurassem "expressar a rejeição" ao EI, em resposta a um jornalista que comparou a FN ao grupo terrorista, a Promotoria decidiu abrir uma investigação por "difusão de imagens violentas".

Ao perder a imunidade, a política neofascista – atual candidata presidencial – poderia ser condenada a uma pena de até três anos de prisão.

Por outro lado, a retirada da imunidade diz respeito especificamente a este caso, e não ao processo judicial pelos supostos empregos fictícios concedidos a dois colaboradores próximos por Marine.

A justiça francesa também conduz este outro processo por suspeitas de que a líder da FN tenha contratado de forma fraudulenta a sua secretária e seu guarda-costas como seus assistentes na Eurocâmara.


Fonte: Prensa Latina

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais