Mundo

16 de fevereiro de 2017 - 16h02

China: Desempenho da economia reflete-se em estatísticas e qualidade


Zhao Chenxin Zhao Chenxin
Um repórter fez notar que, de acordo com um relatório publicado pelo Fundo Monetário Internacional, o crescimento econômico da China no ano passado foi superior ao da Índia, conferindo, assim, ao país, o primeiro lugar na tabela.

Aludindo a alguns comentários que referem que a China sacrifica a qualidade de desenvolvimento para obtenção de índices económicos, o repórter pediu o pronunciamento de Zhao.

O porta-voz referiu que os pilares da economia chinesa registraram melhorias contínuas no ano passado. A preponderância dos serviços se tornou mais robusta, permitindo ao setor terciário perfazer 51,6% do PIB do país – um incremento de 1,4 pontos percentuais. A produção excedentária de ferro, aço e carvão foi também contida, bem como o número de edifícios e apartamentos desocupados, sendo estes últimos alguns dos problemas de resolução premente no país.

Zhao enfatizou que, em 2016, o país deu continuidade ao aprofundamento da reforma do registro de empresas, com uma média diária de 150.000 novas firmas inscritas – um aumento de 3.000 face a 2015; as reformas ao nível das empresas estatais, canais de financiamento e preços, entre outros pontos de relevo, não pararam de avançar.

As várias regiões do país se encontram ativamente a se alinharem com a estratégia "Um Cinturão, Uma Rota"; o plano de desenvolvimento coletivo Pequim-Tianjin-Hebei continua ordeiramente a ser implementado; o desenvolvimento do cinturão econômico do rio Yangtzé avança de forma célere.

"O abrandamento do crescimento econômico de 2016 é sólido e positivo. O desenvolvimento da economia dará lugar a novas oportunidades. Perante a velocidade de mudança da ‘nova normalidade’, a China buscará a otimização e interação entre suas instituições. Temos um futuro auspicioso no horizonte. Para tal iremos dar continuidade à implementação de reformas e à melhoria da qualidade de vida dos cidadãos. O nosso crescimento tem qualidade e produz resultados", asseverou.


Fonte: Diário da China

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais