Economia

13 de fevereiro de 2017 - 15h20

Documento denuncia caráter excludente da Reforma da Previdência


   
Para acessar o texto, que é um convite dos autores para um debate amplo, plural e democrático, clique aqui. 

O documento dirige-se a toda a classe trabalhadora; aos sindicatos, associações e movimentos sociais que se mobilizam em defesa da Previdência e da Seguridade Social; às entidades de representação profissional e empresarial comprometidas com o aperfeiçoamento das regras da Previdência e Assistência Social; aos partidos e parlamentares que irão discutir a reforma da Previdência na sociedade e no Congresso Nacional; e por fim, ao governo que é autor da Proposta de Emenda Constitucional nº 287, de 7 de dezembro de 2016 (PEC 287).

Trata-se de uma iniciativa organizada pela Associação Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil (ANFIP), pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) e pela Plataforma Política Social, com a contribuição de cerca de 50 profissionais.

"Em função do caráter excludente das propostas de mudança, e para se evitar uma nova “tragédia anunciada” – como a crise do sistema prisional, por exemplo, apontada dessa forma por diversos analistas –, alerta-se que o infortúnio da desproteção social pode estar começando a ser tecida agora. Nesse sentido, as questões cruciais que deveriam orientar a reflexão da sociedade, dos parlamentares, dos jornalistas e do movimento social devem ser: que país
queremos e que país a reforma da Previdência projeta para meados do século 21?", alerta o texto.





  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais