10 de janeiro de 2017 - 11h23

Temer é recebido com protesto em frente a hotel em Portugal


Foto: Joana Berwanger Sul21
Manifestantes protestam em frente ao hotel de Michel Temer em Lisboa | Foto: Joana Berwanger/Sul21 Manifestantes protestam em frente ao hotel de Michel Temer em Lisboa | Foto: Joana Berwanger/Sul21
Durante o ato, os manifestantes gritaram “em Portugal e no Brasil, sempre em defesa dos valores de Abril”, uma alusão à Revolução de 25 de Abril, também conhecida como Revolução dos Cravos, movimento social que deu origem à restauração da democracia, o fim da ditadura militar de cinco décadas no país europeu e, posteriormente, a adoção de uma Constituição com orientação socialista.

Temer viajou no final da tarde de segunda-feira (9) acompanhado do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes. Além de Mendes, a comitiva brasileira conta com a participação do ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha e do ex-presidente, José Sarney.


Sarney deixa hotel para se dirigir ao velório de Soares | Foto: Joana Berwanger/Sul21 

O corpo de Soares, atualmente no Mosteiro dos Jerônimos, onde é velado, será conduzido em um cortejo fúnebre, a partir das 13h (horário local), que passará por pontos da cidade de Lisboa que fizeram parte de sua vida, como a sede do Partido Socialista, do qual foi co-fundador. O enterro está previsto para começar por volta das 15h (horário local), no Cemitério dos Prazeres, restrito aos familiares.


Manifestante exibe faixa de protesto contra Temer | Foto: Joana Berwanger/Sul21

A decisão de Temer de participar do funeral ocorreu no último domingo (8). A viagem à Portugal levantou uma série de críticas na imprensa brasileira após a ausência do peemedebista nas cidades onde aconteceram três chacinas em presídios. Após a cerimônia fúnebre de Mário Soares, Temer deverá voltar diretamente ao Brasil.


Fonte: Sul21

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais