Brasil

2 de janeiro de 2017 - 17h59

Bancada comunista recebe reforço em 2017


Deputado Assis Melo Deputado Assis Melo
Os parlamentares assumiram após as eleições de Luiz Carlos Busato (PTB) e de Moema Gramacho (PT) para as prefeituras de Canoas (RS) e Lauro de Freitas (BA), respectivamente.

Esta é a quarta vez que Davidson Magalhães retorna à Bancada Comunista nesta legislatura. Para ele, o momento é crucial.

“Não podemos mais permitir a entrega de nossas riquezas e os atropelos aos direitos garantidos ao povo. As pessoas precisam voltar a ser o centro das preocupações do mundo político. Por isso, precisamos retomar as rédeas do nosso país”, diz Magalhães.

Já Assis Melo chega à Bancada pela primeira vez entre 2015-2019. No entanto, o deputado tem experiência no Parlamento. Foi eleito para a legislatura passada, quando teve forte atuação na garantia dos direitos dos trabalhadores.

De acordo com o parlamentar, num momento de tantos retrocessos será importante ter no Congresso mais uma voz contra as empreitadas do governo Temer.

“A conjuntura nacional está contra os trabalhadores. Por isso, a luta em defesa dos direitos sociais e trabalhistas é primordial. Irei continuar o projeto político que desempenho em busca da valorização do trabalho, com a formação de uma Frente Parlamentar que discuta a industrialização e que permita maior desenvolvimento econômico do país”, afirma Assis Melo.

A posse de Assis Melo ocorreu nesta segunda-feira (2). Para ser empossado prefeito de Canoas, Luiz Carlos Busato (PTB) precisou renunciar ao cargo de deputado federal. No seu lugar, assumiu como titular o primeiro suplente da coligação pela qual Busato foi eleito, Cajar Nardes (PR).

O político já atuava como deputado e ocupava, até então, a vaga deixada pelo ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira (PTB). Agora, Assis Melo ocupará a vaga de primeiro suplente, ocupando a cadeira de Nogueira enquanto ele for ministro.

Assis Melo foi eleito vereador de Caxias do Sul em 2008 e elegeu-se deputado federal em 2010, porém o metalúrgico e sindicalista não conseguiu se reeleger em 2014.




Do Portal Vermelho, com informações do PCdoB na Câmara dos Deputados

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais

MySQL server has gone away