Movimentos

21 de dezembro de 2016 - 11h27

Acampamento do MST sofre ataque de pistoleiros no Pará


   
Os pistoleiros montaram uma barricada na Vila Sororó, povoado próximo ao acampamento.

Ocupado desde o dia 08 de junho de 2014, o acampamento Hugo Chávez conta com 362 famílias, que produzem alimentos saudáveis para comercialização e consumo próprio.

Ayala Ferreira, da direção nacional do Movimento, explica que a área servia para especulação, práticas de crime ambientais e que o fazendeiro tem um histórico de violação dos direitos humanos e de flagrante de trabalho em condições análogas à escravidão.

"Responsabilizamos o Governo do Estado e o Federal, que, mesmo acionados inúmeras vezes pelos acampados e o movimento, não se posicionaram para desarmar os fazendeiros e pistoleiros da região e acima de tudo por não fazerem a Reforma Agrária", sentencia Ayala.

O acampamento fica localizado na BR-155, sentido Marabá/ Eldorado do Carajás (PA).


Fonte: MST

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais