Brasil

12 de dezembro de 2016 - 22h16

Orlando Silva esclarece doações da Odebrecht


Foto: Clécio Almeida
   
O deputado esclarece, entre outras coisas, que as doações eleitorais feitas pelo grupo Odebrecht à campanha de 2014 foram realizadas dentro dos marcos legais do período, que ainda previa a contribuição de empresas.

Leia abaixo a nota:


O deputado Orlando Silva (PCdoB/SP) esclarece sobre as notícias veiculadas acerca da delação do ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrecht, Claudio Melo Filho, que:

1. As doações eleitorais feitas pelo grupo Odebrecht à campanha de 2014 foram realizadas dentro dos marcos legais do período, que ainda previa a contribuição de empresas;

2. Essas doações são informações públicas desde a prestação de contas da campanha de 2014, conforme consta no portal do TSE;

3. O valor total das doações foi de R$ 100.000,00 (cem mil reais) conforme registrado na Justiça Eleitoral através dos recibos n. 065650600000SP000141 e 065650600000SP000152. Esta informação está no próprio relato de Melo Filho;

4. As doações eleitorais da campanha foram feitas sem qualquer exigência ou compromisso de qualquer retribuição ou contrapartida;

5. Toda denúncia deve ser investigada de acordo com o que está estabelecido nas leis do país.

São Paulo, 12 de dezembro de 2016




Fonte: Assessoria de imprensa do deputado

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais