Brasil

17 de outubro de 2016 - 16h41

MTST ocupa escritório da Presidência da República em SP


Midia Ninja
   
Segundo informações da página Mídia Ninja, o movimento trouxe barracas e utensílios de cozinha para permanecer até que suas demandas sejam atendidas.
Na manhã desta segunda-feira (17), o coordenador do movimento, Guilherme Boulos, deu o tom da mobilização contra a agenda de retirada de direitos imposta pelo governo ilegítimo. “Hoje é dia de luta! De tarde, o MTST estará nas ruas por moradia e contra os retrocessos. De noite, ocorrerão vários atos convocados pelo país contra a PEC 241. Fora Temer, a luta é pra valer”, disse.

Movimentos de moradia denunciam que, após a ascensão de Temer à presidência, os programas públicos de habitação popular e os financiamentos para famílias mais pobres, até três salários mínimos, estão praticamente paralisados. Somente no Programa Minha Casa, Minha Vida-Entidades, onde os futuros moradores beneficiários da política habitacional faziam seus projetos, a gestão da obra e a coordenação o conjunto do processo, 44 mil vagas foram cortadas.

Na semana passada, um grupo de estudantes ligados à União Paulista dos Estudantes Secundaristas (Upes) ocupou, durante 7 horas, o escritório da Presidência da República, em São Paulo, para exigir a imediata revogação da PEC 241.




Do Portal Vermelho 

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais