Movimentos

29 de setembro de 2016 - 16h30

Jovem que faz campanha para Haddad é agredido e tem material tomado

Reprodução
   

Henrique, que é presidente do DCE da Fatec São Paulo, relata ao Portal Vermelho como ocorreu a ação truculenta. "Estávamos em um grupo panfletando em frente à estação, quando seguranças nos abordaram proibindo nossa ação, argumentando que a calçada era propriedade do metrô e ordenando que fossemos para locais distantes distribuir o material. Justifiquei dizendo que a via era pública, então, com truculência, ele me agarrou e tomou os panfletos da minha mão", denuncia. 

O jovem considera o fato um abuso aos direitos democráticos. "A ação de hoje foi uma amostra grátis de 1964", diz Henrique, relembrando os tempos de chumbo da ditadura militar.

Coincidência ou não, a repressão da panfletagem ao prefeito Fernando Haddad ocorre no momento que pesquisas indicam um crescimento expressivo do candidato na corrida pelo segundo turno na disputa pela prefeitura de São Paulo. 

Confira o momento que Henrque é agredido pelos seguranças: 







Do Portal Vermelho, Laís Gouveia 

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais