Brasil

19 de setembro de 2016 - 7h48

Angela e Kazapi apresentam o Plano de Governo para Florianópolis

Foto: Ramiro Furquim
"Os líderes do velho formato acham que sabem tudo, que sabem mais que todo mundo. Eu e Gabriel não vamos governar sozinhos." "Os líderes do velho formato acham que sabem tudo, que sabem mais que todo mundo. Eu e Gabriel não vamos governar sozinhos."

Intitulado "Cidadão no centro do governo" e com o mote de conectar Florianópolis, o projeto de gestão de Angela e Kazapi está dividido em três eixos: Desenvolvimento Social: Mobilidade, Segurança, Saúde e Educação; Desenvolvimento Sustentável: Desenvolvimento Local, Turismo, Maricultura/Pesca, Inovação, Ciência e Tecnologia; Desenvolvimento Cultural: Cultura, Esporte, Direitos Humanos e Cidadania. Outra característica do projeto é a intenção de criar soluções que contemplem os demais municípios da região metropolitana.

“Eu e Gabriel não vamos governar sozinhos. Os líderes do velho formato acham que sabem tudo, que sabem mais que todo mundo. Nós acreditamos que é preciso governar junto com quem tem identidade, com quem constrói uma história junto e isso unificou o PCdoB e o PT. Nossa cidade há 20 anos é governada pelo mesmo grupo. Para governar uma cidade, é preciso querer fazê-la melhor. É por isso que a gente se uniu”, expôs Angela.

Estiveram presentes no lançamento, os 22 candidatos a vereador da chapa, representantes das centrais sindicais, movimentos sociais e a juventude do PCdoB e PT que protagonizou uma intervenção criticando os vereadores denunciados pelo Ministério Público na Operação Ave de Rapina. Com máscaras que representavam os denunciados e entoando o coro “Hora da faxina, na minha chapa não tem ave de rapina”, os jovens reforçaram sua participação na construção do projeto de governo liderado por Angela e Kazapi.

“Temos a convicção de que uma cidade que seja governada com e para todos e todas tem que ser uma cidade conectada, uma cidade que caiba na palma da mão de cada um. Uma cidade que ouça todos os saberes, que não entenda que um líder e uma líder faça um governo de gabinete e que tenha soluções mágicas, mas que saiba ouvir, dialogar, estar na praça pública, no terminal de ônibus, construindo uma gestão democrática, participativa e essencialmente inclusiva,” ressaltou Kazapi.

Vice-presidente do PCdoB nacional, Walter Sorrentino participou do lançamento do plano de governo e fez um pronunciamento aos militantes sobre a história de Angela Albino e sua carreira na política.

“Acompanho a trajetória da Angela há muitos anos com carinho e atenção. Ela não é apenas uma mulher vitoriosa, mãe de filhos, avó de um neto, é uma pessoa que fez da sua vida a vocação de servir às pessoas. É isso que a Angela é. Ao longo dessa trajetória ela acumulou uma enorme experiência. Eu a vejo no auge da sua maturidade política, do seu aprendizado. Ela é uma pessoa preparada para governar Florianópolis. Além disso, faz política com firmeza e com leveza”, declarou Walter.



 

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais