Brasil

7 de setembro de 2016 - 12h46

Padilha e Geddel dizem que "18 em 18 mil" protestam contra Temer


Lula Marques
   
Questionado se havia sido surpreendido com as manifestações, Padilha disse: "vocês já viram ouviram falar em uma democracia em que não haja liberdade de manifestação?"

O comentário de Padilha contrasta com a realidade, já que seguranças foram flagrados reprimindo manifestações, inclusive silenciosas, contra o governo de Michel Temer durante o desfile em Brasília. Dois seguranças confiscaram uma bandeira do Brasil - onde estava escrito a palavra "golpe" - de um grupo de estudantes e informaram que eles seriam retirados das arquibancadas caso protestassem contra o governo.

Padilha disse ainda que não ficou surpreso com o protesto, mas minimizou os atos seguindo a mesma cantilena de Temer ao dizer que "a dimensão é de 18 pessoas em 18 mil".

Geddel afirmou que ouviu aplausos. "Vocês não perguntam isso. Perguntam sobre o Fora Temer", disse irritado.


Com informações de agências

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais