Movimentos

2 de setembro de 2016 - 16h05

Virada Feminista terá 24 horas de debates e atividades culturais 


Reprodução
   
As 24h consecutivas de shows musicais, teatro, dança, grafite, culinária, debates e oficinas culturais serão realidade graças ao sucesso da campanha de financiamento coletivo, que arrecadou 25 mil reais.

As atrações caminham entre os eixos “Corpo”, “Cidade” e “Luta”, três formas de resistência das mulheres.

Na música, ritmos diversos como o rap da Semente Criola e Rap Plus Size, passando pela Liga do Funk e MC Soffia, revelações da MPB atual, como Camila Garófalo, até o rock da banda Charlotte Matou um Cara e os tambores do Ilú Obá De Min.

No teatro, a peça IDA, do Coletivo Negro, Vulvar (No Lugar Dela), da Mal-Amadas Poéticas do Desmonte e Linha Vermelha do Grupo Mãe da Rua estarão presentes.

Oficinas de escrita erótica, linguagem corporal, macramê, modelo vivo, segurança básica na internet e até de como mandar “nudes” seguros acontecerão durante o evento. A programação completa está disponível  aqui.

A Marcha Mundial das Mulheres


A Marcha Mundial das Mulheres nasceu no ano 2000 como uma grande mobilização que reuniu mulheres do mundo todo em uma campanha contra a pobreza e a violência. A MMM luta cotidianamente para que as mulheres sejam sujeitos ativos na luta pela transformação de suas vidas e na superação das desigualdades.

O movimento está presente em mais de 50 países e em 20 estados brasileiros, com a presença de mulheres urbanas e rurais, trabalhadoras, sindicalistas, estudantes, negras, indígenas, imigrantes, lésbicas e bissexuais.

SOF Sempreviva Organização Feminista


A SOF Sempreviva Organização Feminista é uma organização não governamental que existe desde 1963, com sede em São Paulo. A SOF tem como perspectiva a auto determinação das mulheres a partir dos eixos feminismo, movimento e transformação e faz parte do movimento de mulheres no Brasil e em âmbito internacional.

Serviço

Virada Feminista – A Resistência que Transforma
3 e 4 de setembro (24h consecutivas, das 18h às 18h)
Gratuito e aberto a todos os públicos
Centro Cultural da Juventude – Av. Dep. Emílio Carlos, 3641, Vl Nova Cachoeirinha, São Paulo


  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais