Economia

12 de julho de 2016 - 13h28

Dilma diz que queda da inflação é construção de seu governo


   
Dilma condenou as propostas de Temer de redução de gastos com saúde e educação e a aprovação de uma meta fiscal dilatada em 2016, que prevê déficit de até R$ 170,5 bilhões. Segundo ela, peemdebista trata o rombo como um “cheque em branco”. “Se sabe que o déficit não era deste tamanho”, disse.

A presidenta disse ainda observar que a inflação está abrandando e que isso ocorre por causa da ação de seu governo. “As condições para a inflação cair foram sendo construídas durante meu governo”, afirmou. E defendeu que a queda dos preços possibilitará corte de juros - uma fator relevante para a retomada do crescimento. 

Na entrevista, Dilma também criticou o golpe parlamentar contra o seu governo e afirmou acreditar que irá reverter o processo de impeachment em agosto, quando o Senado deverá votar o processo sobre o seu afastamento definitivo. "Quando voltar, vou ter de enxugar muita coisa, tem muita coisa errada sendo feita", observou. "Tenho uma obrigação e missão, porque o Brasil passou por uma ruptura democrática e sou responsável por colar isto de volta", assegurou.


 Do Portal Vermelho, com agências

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais