Brasil

30 de junho de 2016 - 11h58

Deputado Chico Lopes acata proposta do Greenpeace à LDO 


A entidade quer que seja incluída na LDO a aquisição e instalação de sistemas fotovoltaicos solares em prédios públicos de ensino A entidade quer que seja incluída na LDO a aquisição e instalação de sistemas fotovoltaicos solares em prédios públicos de ensino
Na justificativa, o Greenpeace afirma que “o Brasil conta hoje com quase 200 mil escolas. Se 50% delas fossem dotadas com sistema capaz de gerar aproximadamente 1.200 Kwh/mês, a geração anual de todas juntas seria superior a um milhão de Mwh. Considerando, por exemplo, que as térmicas começaram o ano de 2015 custando quase R$ 1 mil/Mwh, a economia ao governo seria de cerca de R$ 1 bilhão e milhares de toneladas de CO2. Somam-se a isso os quase 40 mil empregos diretos e indiretos que seriam criados somente na instalação desses sistemas”.

O presidente da Comissão, deputado Chico Lopes (PCdoB-CE), lembra que “estamos recebendo, até às 19 horas do dia 6 de julho, sugestões de emendas à LDO, que compreende as metas e prioridades da administração pública federal, incluindo as despesas de capital para o exercício financeiro subsequente. Ela orienta a elaboração da lei orçamentária anual, dispõe sobre as alterações na legislação tributária e estabelece a política de aplicação das agências financeiras oficiais de fomento”.

Com base na LDO, a Secretaria de Orçamento Federal (SOF) elabora a proposta orçamentária para o ano seguinte, em conjunto com os ministérios e as unidades orçamentárias dos poderes Legislativo e Judiciário. As propostas devem ser referentes ao projeto que foi encaminhado pelo Poder Executivo.

As sugestões podem ser enviadas por organizações não governamentais (ONGs), associações e órgãos de classe, sindicatos, entidades da sociedade civil (exceto partidos políticos), órgãos e entidades de administração direta e indireta, desde que tenham participação paritária da sociedade civil.

Serviço:

Devem ser encaminhadas para o e-mail clp@camara.leg.br ou entregues na secretaria da Comissão, na Câmara dos Deputados, Anexo II, Pavimento Superior, Ala A, Sala 121. Para mais esclarecimentos, ligue para a Comissão de Legislação Participativa: (61) 3216.6695. 


De Brasília, com informações da CLP

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais