Brasil

20 de novembro de 2015 - 10h41

Dia de refletir sobre a importância da história e cultura negra


Ciro Amado
Neste 20 de novembro completam-se 320 anos da morte de Zumbi. Neste 20 de novembro completam-se 320 anos da morte de Zumbi.
O dia 20 de novembro marca a morte do último líder do maior quilombo do período colonial, Zumbi que viveu no Quilombo dos Palmares, localizado na parte superior do rio São Francisco, na Serra da Barriga, antiga capitania de Pernambuco (atualmente Alagoas).

Símbolo da resistência à escravidão, Zumbi adotou o nome que significa guerreiro com 15 anos quando fugiu para o quilombo.

Feriado em mais de mil cidades brasileiras, o Dia da Consciência Negra foi instituído em 2003 no calendário escolar nacional, mas é comemorado há mais de 30 anos pelo movimento negro.

A lista completa com mais de mil cidades brasileiras onde dia 20 de novembro é feriado oficial, com a lei que regulamenta a data foi dispobilizado a partir de um levantamento realizado pela Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir) em 2014.

Acesse as reportagens, artigos, entrevistas sobre a questão negra publicadas ao longo da semana no Especial do Portal Vermelho.

Atividades

Na cidade de União dos Palmares, em Alagoas, as comemorações do Dia da Consciência Negra serão realizadas no Parque Memorial Quilombo dos Palmares, na Serra da Barriga, com a posse dos membros do Conselho Curador da Fundação Cultural Palmares, a coroação do busto de Zumbi, a reverência à ancestralidade de matriz africana, o cortejo das Yabás e o lançamento da campanha Filhos do Brasil, em defesa e garantia da liberdade religiosa e contra a intolerância, com a participação de artistas, personalidades públicas e lideranças de várias denominações religiosas.

No Maranhão, para marcar a data, o governo encaminha à Assembleia Legislativa projeto de lei que destina 20% das vagas dos concursos públicos estaduais para negros. Ainda em São Luís, será realizado, às 17h30, ato público na Praça Nauro Machado, na Praia Grande. Em seguida, haverá edição especial do Programa Mais Cultura e Turismo, com apresentação de roda de capoeira, blocos afros e bumba-meu-boi.

Em Salvador, será realizada às 16h a 15ª Caminhada da Liberdade. A passeata deve reunir mais de 20 mil pessoas e sairá da Senzala do Barro Preto, sede do Ilê Aiyê.



 
Em Porto Alegre, a Marcha Zumbi dos Palmares chega à sua 9ª edição com uma nova caminhada para celebrar o Dia Nacional da Consciência Negra. A concentração na Capital acontece a partir das 17h, no Largo Glênio Peres. A saída está marcada para as 18h, quando a marcha segue pela Avenida Borges de Medeiros e pela Rua José do Patrocínio até chegar ao Largo Zumbi dos Palmares. Além da caminhada, serão realizados eventos.

Para lembrar o Dia da Consciência Negra, a TV Brasil exibe nesta sexta-feira (20) programação especial, a partir das 16 horas.

Novembro pela igualdade

Uma cerimônia no Museu da República, em Brasília, no último dia 16 marcou a abertura da Semana Nacional da Consciência Negra. O evento, organizado pelo Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos, por meio da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, tem por objetivo promover a igualdade racial em todo o país e combater todas as formas de racismo e discriminação racial.

Para a ministra Nilma Lino Gomes, a campanha “Novembro pela Igualdade Racial”, lançada durante a abertura do evento, busca mostrar que o negro deve ser protagonista de sua história, e não deve se intimidar ou se diminuir devido aos ataques racistas. Com o slogan “Lugar do Negro”, a campanha mostra, segundo a gestora, que o lugar do negro é em todo e qualquer lugar que ele queira.

“É a primeira vez que o governo lança uma campanha como esta em novembro, articulando vários ministérios e mostrando a evolução das políticas públicas para a igualdade racial”, afirmou Nilma.


Do Portal Vermelho, com agências

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais