2 de outubro de 2015 - 13h25

Urariano Mota: Miró, um poeta do povo do Recife


   
"A sua arma, a sua graça e cômico é a verdade. Aquelas coisas mínimas, constrangedoras, que nem às paredes confessamos, ele, como um novo louco, arrebenta de si. Mais do que escrever por vezes transcreve. Com uma sensibilidade que observa o inobservável", diz, sobre Miró da Muribeca, poeta do Recife. Confira abaixo:



Urariano: Miró, o poeta do povo do Recife 


Do Portal Vermelho

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais