Brasil

25 de agosto de 2015 - 11h59

Coletivos feministas protestam contra falta de segurança na USP

Rede Brasil Atual
   

“Existe um novo plano de segurança que militariza ainda mais a USP, porém os estudantes que foram denunciados por cometerem estupros continuam soltos e frequentando a universidade, tanto é que em junho tivemos outro caso de estupro numa das praças da Cidade Universitária, ou seja, para nós mulheres nada mudou”, afirmou Gabriela Ferro do Coletivo Juntas, em entrevista à Rádio Brasil Atual.

Ouça a reportagem na Rádio Vermelho:

OUVIR


Da Rádio Vermelho

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais