Brasil

25 de maio de 2015 - 21h52

 Reuniões regionais mobilizam o PCdoB na Paraíba.


José Gonçalves
<i> Militantes do PCdoB no vale do Piancó, sertão paraibano reunidos na cidade de Diamante</i>  Militantes do PCdoB no vale do Piancó, sertão paraibano reunidos na cidade de Diamante
 
A direção estadual do PCdoB dedicou o fim de semana (23 e 24 de maio) para realizar uma rodada de reuniões com dirigentes municipais nas macro regiões paraibanas preparando o Partido para as futuras batalhas.

Estas reuniões contaram com a participação de dezenas de dirigentes e militantes, de vereadores e vice-prefeitas do PCdoB. O objetivo da direção estadual foi levar ao conjunto do partido no Estado, uma atualização do quadro político, neste momento de ataques dos conservadores contra o governo Dilma e as conquistas nos últimos governos; debater o temário da 10ª Conferência Nacional e preparar os comunistas para enfrentar os desafios para as eleições de 2016. Também constou da pauta a mobilização para as Conferências municipais e estadual no segundo semestre.

O planejamento estadual contemplou a realização de seis reuniões de macro região. Apesar de duas regiões terem registrado baixo comparecimento, as demais responderam positivamente, pela quantidade de municípios e participantes envolvidos e pela riqueza dos debates. As reuniões no sertão paraibano foram as mais concorridas, revelando a força do Partido na região onde temos a maior quantidade de vereadores e vice-prefeitos. Destaque para reunião na cidade sertaneja de Diamante, com 53 presentes e a filiação na ocasião de diversas lideranças interessadas em formar a chapa de vereadores para 2016.

Um balanço inicial, considerando que muitos municípios ainda não têm definição de seus objetivos eleitorais, já permite vislumbrar a possibilidade de termos um projeto eleitoral bem mais ousado do que o de 2012. Os desafios também são bem maiores. Cidades como João Pessoa, Campina Grande, Santa Rita, Sousa, Belém merecerão maior atenção das direções municipais e estadual pelas possibilidades que se abrem para o Partido. Mas também em municípios menores onde se apresentam perspectivas de candidaturas competitivas para prefeito, vices e chapas de vereadores.

Para o presidente estadual do PCdoB, Simão Almeida, o saldo destas reuniões colocam maiores responsabilidades para o Partido e sua direção estadual: “ É preciso acompanhar este Partido que pulsa nas bases interioranas desta velha Paraiba”. E arremata: “a direçao estadual está desafiada!”


 Agamenon T. Sarinho

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais